Noite de jogos em família com Jogo dos 7 erros humano e muito mais

Noite de jogos em família com Jogo dos 7 erros humano e muito mais


Você tem em casa a tradição da Noite de Jogos em Família? Eu pessoalmente, com essa minha vida brincante, não chego a ter uma rotina fixa. Toda semana tem momentos em família, mas não chega a ser um ritual. A tradição daqui de casa é a Noite do Filme em Família, aos domingos. Mas conheço muita gente, como a Patcamargo, que tem o hábito de de fazer uma noite especial em casa e pensei que seria útil passar algumas dicas de brincadeiras diferentes para esses momentos. Se você gostar, que sabe não começa a sua noite também?

1. Jogos de tabuleiro colaborativo

Péra, o que tem de diferente em jogos de tabuleiro? Esta talvez seja a maneira mais tradicional de se fazer uma noite em família! Bem, primeiro que se o for o caso de jogar uma partida de um jogo tradicional, já está ótimo. Nós inclusive fizemos um post com os 10 melhores jogos de tabuleiro de todos os tempos. Mas hoje eu quero falar de uma maneira diferente de jogar: quando você aproveita e cria, em família, suas próprias regras. Assim, a tradição não apenas é passar um temos juntos brincando, mas jogar de um jeito que só a sua família faz.

Recentemente eu e meu marido percebemos o interesse especial da Carol em resolver mistérios. Eu e o Luiz sempre gostamos de Scotland Yard, e achamos que a Carol ia gostar, mas o jogo é um pouco complicado para crianças de 8 anos porque fica difícil entender as pistas. Então nós inventamos, por sugestão da Carol, um jogo colaborativo. Para quem não conhece, o Scotland Yard é um jogo em que você recebe um mistério e precisa entrar nas casas do tabuleiro para encontrar as pistas para solucioná-lo. No nosso caso, todo mundo passeia pelo tabuleiro e entra nas casas, só que ao invés de ficar com a pista para si, ela lê para o grupo e, juntos, tentamos resolver o caso. É interessante que ao invés de competir, temos que colaborar. A Carol amou e agora decidiu que quer jogar os 123 casos do jogo. Já foram 8! Temos muuuuuuitas noites de jogos pela frente.

jogos em família - Carol brincando do jogo Scotland Yard

2. Jogo da Memória

A primeira vez que falei desta ideia foi neste post aqui. Você reúne a família inteira numa parte da casa onde todos vão passar um tempo observando o ambiente e tentando memorizar os objetos disponíveis. Alguém vai precisar ser escolhido para começar de olhos vendados. Outra pessoa vai escolher um objeto daquele ambiente e colocar na mão de quem está vendado. Este vai ter que adivinhar que objeto é esse usando apenas o tato. Se estiver fácil num ambiente só, use a casa toda!

Jogos em familia - jogo da memoria

3. Jogo dos 7 erros humano

Por falar de brincadeiras que envolvem os objetos da casa, que tal criar um jogo dos 7 erros humano? Como assim? Bem, você vai precisar escolher um cômodo da casa que tenha bastante enfeites. No meu caso foi a estante da sala. Podia ser o armário de brinquedos. Aí você vai pedir para a criança observar aquele lugar por 30 segundos ou 1 minuto (o tempo ideal depende da criança).

Depois você tira a criança da sala e muda 7 objetos de lugar.

Será que você descobre os 7 erros?

Será que você descobre os 7 erros?

Ela vai ter que voltar para a sala e descobrir quais foram os objetos trocados.

jogos em família - Carol brincando dos 7 erros

A Carol foi esperta e tirou uma foto da estante no seu iPad antes de sair e com isso ela tinha na mão a foto anterior para comparar. Você pode deixar isto ser uma regra do jogo, ou não.  Afinal, o jogo é de vocês e portanto podem jogar como quiser!

4. Concurso de Poses

Esta vai testar o alongamento e a elasticidade dos adultos. Trata-se de um concurso de poses seguindo as instruções que encontrei neste post do blog Childhood101.com (você pode pegar o link para imprimir as folhas com as imagens lá). A Carol ama fazer isso! E fica até mais divertido quando alguém que está participando tem dificuldade em fazer. Eu conto tudo direitinho neste post aqui.

Jogos em familia - Concurso de poses

5. Brincadeira de Perguntas e Respostas

São muitas as possibilidades de brincadeiras assim. Hoje vou relembrar um post antigo sobre um jeito diferente de se jogar Jenga ou Torremoto. A brincadeira tradicional consiste em formar uma Torre com as peças do brinquedo e depois ir tirando aos poucos até ver quem deixa cair. A variação que a Alena e a Luciana do @basescognitivas propuseram foi de colocar perguntas nos blocos de madeira e fazer com que cada peça retirada da Torre vire motivo de conversa. As perguntas podem ser as mais diferentes: Qual seu animal preferido? Qual foi a melhor viagem que você fez? Qual é a melhor coisa da escola?

Foto: Ashley MacKinnon http://bit.ly/pic_jenga

Foto: Ashley MacKinnon http://bit.ly/pic_jenga

 

9 comentários

Deixe seu comentário

+ E aí, o que você achou?