Pai de 3: o dia em que eu voltei a brincar


By patcamargo

Hoje quem escreve no meu lugar é o pai da Cururuca, Potchochenca e do Pocoyo. Confesso que ele é um dos grandes motivos de termos uma vida tranqüila com três filhos. Sem a presença dele, tudo seria muito mais complicado. Presente, companheiro, o paizão. Eu aprendi logo que ele não cuidaria das crianças como eu. Ainda bem! Mas é melhor que ele mesmo conte como é ser um pai que brinca muito com os três filhos.

 

Pai de 3: o dia em que eu voltei a brincar

Descobri que ia ser pai três meses depois do falecimento da minha mãe. Lembro de chegar em casa e receber a notícia da minha mulher com o teste na mão. Em princípio, não entendi direito o papel, as letras se embaralhavam e quando me dei conta estava sentado em uma cadeira chorando copiosamente. De saudade de algo que eu não sabia ainda o que era.

Eu tinha parado de brincar há muito anos. A vida adulta te deixa chato e a gente corre o risco de não perceber. Quando meu filho nasceu, me assustei com a invasão de utensílios coloridos em casa. Bolinhas, chocalhos, bichinhos. Confesso que me deu um certo desconforto ver a casa sendo desconfigurada. Não era mais a casa de um casal e sim de um casal com filho. Isso muda tudo.

Pai de 3 - o dia em que eu voltei a brincar - Henrique

Um dia, despertei para o fato de que meu filho demandava cada vez mais interação.  E como ouvi um sábio professor dizendo outro dia “As crianças são como água. Se você deixar, tomam conta de cada espacinho no ambiente”. Assim meu filho foi preenchendo meu coração. Depois minhas duas meninas também arrumaram seu espaço. Incrível a capacidade de acomodação que nosso coração tem.

Pai de 3 - o dia em que eu voltei a brincar - empurrando a bola

Comecei a me exercitar, afinal, brincar cansa. Melhorei minha saúde, meu humor e ganhei tempo. Sim, ao contrário do que eu ouvia, aprendi a utilizar meu tempo com mais sabedoria e até hoje, ele nunca faltou para eu fazer qualquer coisa que preciso e quero. Todos os dias, brinco um pouco de imaginação, corrida de carros, história de monstros, princesas, etc. Voltei a brincar e a satisfação e o preenchimento que isso me trouxe não tem preço.

E lá no Pinterest tem um board só de brincadeiras feitas entre pais e filhos. Que tal se inspirar para o fim de semana?

Ah! Não esqueça :  ) Aqui no blog, todo os dias tem sugestões para você e seus filhos e se você se inscrever na nossa Newsletter, estas dicas chegarão gratuitamente no seu e-mail. É só clicar aqui.

+ Seja o primeiro a comentar

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.