Vamos ensinar as crianças a soprar?


Sabe uma coisa que acho mágica da infância? O tanto que essas crianças evoluem num piscar de olhos! Pára e pensa. Eles nascem completamente moles e indefesos, precisando totalmente dos adultos para sobreviver. Aos poucos desenvolvem os sentidos e vão adquirindo habilidades motoras, cognitivas e sócio-emocionais que serão fundamentais para a vida adulta. Sabe como podemos ajudar? Estimulando esse desenvolvimento através das brincadeiras. Dá para ensinar tudo brincando. Quer um exemplo? Vamos ensinar as crianças a soprar?

Sim, para nós adultos, soprar é uma coisa banal. #sqn. Assim como cuspir é algo que a gente faz sem pensar e minha filha de 3 anos está conseguindo fazer agora. Para ela foi uma super conquista conseguir cuspir o creme dental na hora da escovação dos dentes.

Pois tem brincadeira para ensinar a soprar. E de um jeito muito divertido, que ela nem percebe que está formalmente aprendendo algo. Minha dica de hoje é o Sopro de Bexiga.

Para brincar são necessários uma bexiga cheia, canudos e uma superfície para ser o “campo”. Pode ser uma mesa ou um pufe grande.

Foto: Bárbara Hauret

Cada participante fica de um lado do campo e a brincadeira consiste em soprar a bola para o lado do adversário e tentar fazer com que a bola saia do campo. O outro jogador defende soprando a bola de volta. No caso de crianças pequenas, como a Gabi, que ainda não conseguem soprar direito, a brincadeira fica nisso. Para crianças maiores, você pode estipular uma pontuação. Quem conseguir empurrar a bola para fora do campo, no lado do adversário, ganha um ponto.

Como o meu foco, nesse dia, era ensinar a Gabi a soprar, recorri a várias estratégias.

Primeiro ela ficava em pé esperando a bola para poder soprar.

Foto: Bárbara Hauret

Como ficou difícil, ela resolver sentar em cima do pufe.

 

Foto: Bárbara Hauret

Ela até conseguia soprar, mas faltava força para levar a bexiga para o outro lado. Foi aí que resolvi dar um canudo para ela para ajudar.

Foto: Bárbara Hauret

Sente a cara de satisfação da criança com a brincadeira?

Foto: Bárbara Hauret

Todos os dias há uma dica nova de brincadeira por aqui. Então, volte sempre! Ou se preferir (e fica mais fácil mesmo), inscreva-se na nossa Newsletter. É gratuita e você recebe semanalmente um e-mail com nossas dicas e novidades. Assim, você pode arquivar como quiser para consultar.

1 comentário

Deixe sua opinião

+ Deixe seu comentário