Quando seu papel é observar a brincadeira do seu filho: caminho de pedras


Eu (aqui é a Patcamargo) gosto muito de brincar e tenho um repertório grande de brincadeiras por conta do Tempojunto. Mas mesmo assim, há momentos em que estou sem ânimo para brincar ativamente com meus filhos, de 8, 6 e 5 anos e prefiro ficar sentadinha, só olhando. Outras vezes, eu quero só observar as crianças para aprender, compreender e “sacar” de que forma elas interagem, como pensam e enxergam o mundo. Como disse uma de nossas entrevistadas, a psicóloga Patricia Garcia, “a brincadeira é uma chave de ouro para entender os filhos”.

Crianças gostam de brincar e precisam também brincar sozinhas. Nosso papel muitas vezes é só promover o momento, o tempo e o espaço para a brincadeira acontecer. Foi isso que aconteceu um dia, quando estava com meus filhos na área externa de onde moro. Minha filha caçula, a Potcho, começou a pegar pedras num laguinho e organizá-las. Em lugar de dar um bronca e pedir para parar com aquilo, eu preferi deixar e observar a brincadeira.

Familia de pedras

Ela começou a alinhas as pedras. Primeiro, sem uma ordem certa. Depois por cores. Eu só olhando como ela conversava consigo mesma sobre a melhor maneira de enfileirar cada pedra e o que seriam cada uma.

Então, quando ela ficou satisfeita com o que tinha feito, me chamou para ver. Ela me explicou que era uma família de pedras, colocadas do “papai” (a pedra maior), até os filhinhos (as pedrinhas). Olha só que graça:

Você percebeu que ela também explicou uma outra forma de brincar? Contar quantas pedras estavam alinhadas e desenhar o número correspondente no papel? Imaginação, raciocínio, tentativa e erro, contagem, noção de tamanho e de organização. Eu observei tudo isso olhando minha filha brincar. Que tal, quando você estiver com “aquela” preguicinha, parar e observar a brincadeira do seu filho? Acho que você fará grandes descobertas!

Brincar ao ar livre é muito saudável para as crianças e sempre postamos aqui no Tempojunto dicas para vocês se divertirem juntos do lado de fora. Para não perder nada, faça parte da nossa Newsletter Tempojunto. É gratuita e você recebe semanalmente nosso e-mail com todas as dicas de brincadeiras do Tempojunto.

+ Não existem comentários

Deixe sua opinião