Como reconhecer as habilidades dos seus filhos


Como reconhecer as habilidades dos seus filhos? Essa resposta é fácil: brincando com eles! O post Você sabe observar seu filho enquanto ele brinca fala exatamente sobre isso. As crianças se desenvolvem muito rápido e é com a observação que podemos reconhecer do que eles já são capazes, respeitando o que é esperado para cada fase

O papel do adulto

Aqui em casa o tempo junto com as crianças serve tanto para apresentar novos estímulos, quanto para incentivar aptidões que as meninas vão demonstrando à medida que crescem. A Carol, por exemplo, encontrou no desenho de moda e na costura uma atividade que ela adora. Fez até a própria roupa da Primeira Comunhão na aula de costura. Meu papel, nesse caso, é fornecer os instrumentos para que ela pratique a atividade.

Já a Gabi, tem demonstrado interesse e habilidade para atividades de coordenação motora fina, como desenho e artesanato. Claro que eu não limito as brincadeiras com ela a esses universos, mas dentro deles, procuro trazer propostas que a estimulem ainda mais, como foi caso da brincadeira de recortar o encarte de jornal para fazer uma lista de compras

Outro exemplo é o da atividade de hoje: colar de miçangas. Eu venho fazendo projetos que envolvem fios desde a brincadeira de fazer colar com canudo e barbante. Aos poucos ficou fácil e eu recorri ao meu armário de materiais para incrementar a proposta. Aqui em casa, material para para estimular as meninas é o que não falta. Mal sabia eu que, com 4 anos, a Gabi se tornaria fã de fio de elástico e miçanga.

Ela pega o elástico e, na maior concentração coloca miçanga por miçanga!

Na verdade, pulei uma parte. A brincadeira começa com ela pegando o elástico e decidindo se vai fazer uma pulseira ou um colar. Aí ela vai na pessoa com o fio na mão, mede o tamanho para cortar, e depois pede para um adulto dar o primeiro nó. Sendo que ela já sabe que tem que colocar uma miçanga pequena na ponta que é para não cair do fio!

Olha que linda a pulseira que ela fez para mim:

E olha o colarzão que ela fez depois!

Viu que bacana? Uma atividade que ao mesmo tempo trabalha a coordenação motora fina, a atenção, a criatividade e a concentração. Tudo o que precisei fazer foi reconhecer o momento de apresentar a atividade e ter os materiais certos em casa.

E se você que está lendo chegou agora, te convido a fazer parte das pessoas que recebem semanalmente a Newsletter Tempojunto. Nela, chegam todas as dicas de brincadeiras do Tempojunto, separadas por faixa etária e as nossas novidades! A inscrição é gratuita.

+ Não existem comentários

Deixe sua opinião