Aproveitar a música para brincar de memórias


Me emocionei muito ao escrever este post. Porque foi um momento mesmo lindo de brincar de memórias aqui em casa com as crianças. Quando eu ouvi a vozinha dos meus filhos pequeninos cantando, não deu para segurar a emoção.

Sempre que escrevo sobre música aqui no blog, eu trago canções que vocês podem ensinar para seus filhos. Algumas mais simples, outras com rimas mais difíceis. Eu sempre cantei para meus filhos, desde que eram bebês. E eles mal sabiam falar já balbuciavam silabas, me acompanhando na canção.

A música têm inúmeros benefícios, tanto para linguagem, para ajudar a aprender a falar, quanto para cultura, sonorização, memória. Bom, você pode ler mais sobre isto neste outro post que eu fiz, quando comento mais sobre como a música ajuda você a brincar e desenvolver seu filho. Além disso, música cabe em quase todos os lugares.

As crianças gostam de lembrar

Mas hoje, minha conversa é outra. Estes dias, usei a música para trazer a memória dos meus filhos de como eles eram quando bebês. E só confirmei o que já sabíamos aqui no Tempojunto: crianças AMAM ver e conversar sobre suas referências de infância. Mesmo os adolescentes (desde que você não os coloque em situações de constrangimento).

Neste post, a Patricia fala, por exemplo, de ver fotos com as filhas. Pois em casa, os meus (que estão com 8, 6 e 5 anos) curtem demais ver fotos do tempo que eles eram bebês. Mas isto é outro assunto.

Olhei prá cá

Bom, nossa brincadeira foi esta: eu separei gravações que fiz com meu celular na época que as crianças eram bem pequenas e estavam aprendendo cantigas comigo e na escola. E coloquei para eles ouvirem. Uma delas é esta aqui, da Cururuca com 2 anos e meio.

 

Não é uma graça? A gente lembrou dos gestos que ela fazia cantando. Depois foi a vez do Pocoyo e da Potcho. E os três curtiram demais se ouvir. A Potcho quis gravar algumas músicas de novo. “Para a gente comparar as duas idades quando eu crescer”, ela justificou. Demais, né?

Algumas eles não lembravam mais e fomos procurar a letra para aprendermos de novo. E foi um momento de brincar mais tranquilo e muito emocionante!

Hoje eles ainda cantam muitas cantigas e também músicas mais longas. Eu continuo gravando muita coisa para que a gente brincar de memórias.

+ Não existem comentários

Deixe sua opinião