Uma forma inusitada de pintar com crianças pequenas: caixa de Pandora


Quem me acompanha aqui no Tempojunto sabe que meus filhos já não são tããão pequenos! Mas esta forma inusitada de pintar pode ser feita por crianças bem pequenas, a partir de 2 anos. E vocês verão que é uma arte versátil porque até hoje o Pocoyo, a Cururca e a Potcho pedem para pintar assim.

A arte de chama Caixa de Pandora. O mito da Caixa de Pandora original tem a ver com uma caixa de surpresas (trágicas) para o mundo que não deveria ser aberta mais foi. E o que sobrou na caixa para os homens foi a Esperança. Mas este é só um mito para falar de coisas surpreendentes que podem sair de uma caixa fechada. Então, bóra criar um suspense divertido com as crianças.

Para esta forma inusitada de pintar, você vai precisar de uma caixa que possa ser fechada, ou uma embalagem de plástico com tampa que não seja transparente; fita crepe ou adesiva; uma folha de papel branca ou colorida; tinta guache ou de pintura a dedo; objetos diferentes que possam ficar sujos de tinta.

Um resultado diferente a cada chacoalhada

Prenda a folha de papel no fundo da caixa com fita crepe ou adesiva

Coloque tinta (colorida ou de uma só cor) num dos cantos da caixa. Você pode variar, colocando nos quadro cantos ou em um só, como eu fiz.

Coloque com cuidado os objetos que escolheu dentro da caixa. Pode ser uma rolha, uma bolinha, uma colher, um boneco, um dado, um pedaço de esponja. Mas precisam ser várias coisas juntas. Ao menos 3 ou 4.

Dê a caixa para seu filho e primeiro peça que ele tente imaginar que arte sairia das peças dentro da caixa (pode abrir a caixa para ele ver o que tem dentro).

Feche a caixa e peça que ele a chacoalhe! Quando mais tempo chacoalhando, mais as cores irão carimbar o papel.

Abram e vejam o resultado da Caixa de Pandora!

Uma dica é testar várias combinações dos objetos para ver as diferentes pinturas formadas. Quando as crianças crescerem, você pode acrescentar desafios como quem consegue pintar com 5 chacoalhadas ou com 3 ou com 2. Quem consegue mexer a caixa para tentar formar um desenho com a tinta, e aí por diante.

Para os pequeninos é uma ótima brincadeira de arte e descoberta de causa e efeito (eu chacoalho a caixa e o papel fica pintado).

Curtiu este post? Você sabia que pode receber nossas dicas direto no seu e-mail? É só fazer parte da nossa lista. Além das ideias da semana, as novidades do Tempojunto chegam primeiro por lá. É só clicar e se inscrever.

+ Não existem comentários

Deixe sua opinião