10 maneiras de brincar de esconde-achou com seu bebê


Existe uma brincadeira que a gente pode fazer desde o nascimento dos bebês e que é muito legal para dar segurança ao seu filho: esconde-achou. Quando bebê está antes dos oito meses, brincar de esconde-achou é uma deliciosa diversão.

Até mais ou menos esta fase, os bebês não desenvolveram ainda o sentido de permanência do objeto. Em outra palavras, eles pensam que se não vêem alguma coisa ou alguém, é porque não existe. Aliás, geralmente até os 7 ou 8 meses, os bebês não sentem, nem choram se você sair de perto deles. Essas noções começam a mudar por volta do sétimo mês, quando se inicia o processo de individualização.

Mas se você já brincava com seu filho de esconde-achou desde pequenino, a ansiedade da separação diminui. Ao esconder o rosto ou um brinquedo, fazendo-os aparecer em seguida, o bebê aprende que um objeto ou uma pessoa existem mesmo que estejam fora de seu campo de visão. Mais tarde, isso vai facilitar a adaptação escolar e fazer o filho entender que os pais saem para trabalhar, mas voltam para casa. A pediatra Ana Maria Scobar afirma que brincar de esconde-achou trata-se de um exercício saudável de separação. “O bebê encara a brincadeira com alegria, o que diminui seu sofrimento.”

Por tudo isso, separamos 10 brincadeiras diferentes de esconde-achou para você se divertir com seu filho.

Cute-achou!

Esta é a clássica. Quem não conhece o bom e velho “cute-achou!”. Com a mão mesmo, ou se escondendo atrás do bebê, esta é uma brincadeira que garante boas gargalhadas do seu filho.

Cute-achou com fraldinha

Uma alternativa às mãos é brincar de esconde-achou com uma fralda de pano ou um lencinho. Para o bebê, é uma brincadeira totalmente nova. Repetindo várias vezes, logo você perceberá que ele compreende o mecanismo da brincadeira e começa a esperar você reaparecer.

Esconde-esconde com um objeto da casa

Outra variação é você esconder um objeto que seu filho goste sob uma revista ou uma almofada e ver se ele tenta descobrir. Neste post, eu conto como foi a experiência com a Júlia, de 8 meses.

Você escondido pela casa

Esconda-se atrás da cortina, do sofá. Ou jogue um lençol por sobre você. Repita algumas vezes. Sempre com frases de incentivo ao seu bebê. Em pouco tempo ele não só vai começar a te descobrir com muita alegria, como vai querer se esconder também

O segredo do copo

Neste post eu mostro como criar um brinquedo caseiro com materiais simples para criar uma outra forma de esconde-achou para seu bebê.

Quadro de animais esconde-achou

O texto publicado no blog Toddler Approved está em inglês, mas é simples de compreender como criar um quadro com portinholas para que seu filho brinque de esconde-achou com os animais.

Casa do esconde-esconde

Já esta outra proposta da I Can Teach My Child é uma casinha de feltro, com aberturas para colocar inclusive a foto do próprio bebê para brincar. O passo a passo está no post.

Gatinho esconde-esconde

Eu achei uma fofura esta dobradura de gatinho que se esconde atrás das patinhas. Muito fofo! Não sei se teria talento para fazer com este efeito, mas mesmo assim eu tentaria seguir as dicas publicadas no post do To DIY Or Not to DIY.

Esconde-esconde do dedão

Tão simples quanto isso. Seu polegar com uma caretinha e muita diversão no esconde-achou! No post, eu conto como foi a experiência com a Luísa.

Esconde-achou os irmãos

Brincar de esconde-achou também é uma ótima opção para quem tem crianças mais velhas que o bebê em casa. No post que a Patricia Marinho escreveu com a Gabriela e a Carol dá para entender perfeitamente a interação que ele provoca.

Bônus para os mais velhos

Apesar de, sim, o post era sobre esconde-achou para bebês, mas eu não resisti em colocar uma sugestão que também funciona com as crianças mais velhas, e mesmo adultos. Eu escrevi sobre um esconde-esconde ou pique-esconde sem que o pegador saia do lugar para encontrar as pessoas. Brincadeira boa para lugares menores.

Toda sexta-feira tem um tema diferente para inspirar o seu final de semana com as crianças. Se não quiser perder nada, inscreva-se na nossa turma da Newsletter. Semanalmente, informamos todas as novidades do Tempojunto por e-mail.

+ Não existem comentários

Deixe sua opinião