Como organizar uma tarde de brincadeiras com várias crianças


Se tem uma coisa que eu gosto bastante (oi, aqui é a Patcamargo) é trazer os amigos dos meus filhos em casa. Volta e meia, além dos meu três filhos, tem ao menos mais duas crianças brincando aqui. Para isso acontecer tranquilamente, o jeito é organizar uma tarde de brincadeiras.

Para começo de conversa, os amigos dos meus filhos que já vêm aqui há mais tempo sabem que tem uma rotina que não muda, apesar de ser flexível: primeiro brincadeiras ao ar livre; depois um lanche; em seguida brincadeiras internas e quando falta cerca de 30 minutos para irem embora, eu libero o video game ou um filme. Desse jeito, o tempo passa voando!

Quando está frio como agora, as brincadeiras ao ar livre ficam mais restritas, então para organizar uma tarde de brincadeiras, eu lanço mão de gincanas e atividades mais agitadas, mas que podem ser feitas em casa, como o soprobol, o tênis de bexiga, os desafios de circuito interno.

Estar perto, mas com liberdade

Esta mini-rotina funciona em casa desde que as crianças tinham 4 anos, quando os primeiros amiguinhos vinham brincar. Agora mais velhos, a diferença é que eu proponho as brincadeiras e eles acabam brincando sozinhos. Meu papel agora, é ficar junto, observando. Mas eles ficam livres para aceitar ou não as minhas sugestões ou criar as próprias brincadeiras.

Recentemente, em casa foi assim, com meu filho mais velho e seus amigos, todos entre 7 e 8 anos.

Como estava frio, começamos com carrinhos de controle remoto.

Mas eu logo lembrei que eles gostavam de subir pelas paredes e que fazia muito tempo que não brincavam disso em casa. Olha só um dos melhores amigos do Pocoyo, fazendo sua performance de homem-aranha. E sem as mãos!

Minha filha do meio aproveitou para entrar na brincadeira também.

Flexibilidade e aproveitando o sol

Aproveitando o momento “ginástica”, os meninos resolveram me mostrar as peripécias que eles fazem na escola, na aula de ginástica e alongamento. Eu não consegui tirar foto de mim mesma, mas esta aqui (prancha), consegui acompanhar, graças ao pilates rsrsrs.

Já esta performance quase acrobática, tenho que admitir que nem tentei rsrsrs.

Quando o sol apareceu um pouquinho, corremos para fora. Enquanto os meninos jogavam bola, eu brinquei um pouco de mãe da rua com as meninas. Aqui elas prontas para começarem a correr.

Durou pouco nossa ida para fora, porque o sol nos enganou, foi embora e o frio voltou. Mas foi o tempo de subirmos, tomarmos um lanche e as crianças assistiram um filme curtinho, enquanto eu arrumava a cozinha, antes de irem embora contentes para suas casas.

Espero que este post ajude a ninguém ter medo de reunir os amigos dos filhos em casa. Eu garanto que é uma delícia e se você tiver organização e planejamento, tudo vai sair super bem.

Você sabia que temos uma Newsletter semanal, com nossas notícias e novidades? Ela é gratuita e você pode recebê-la bastando se inscrever aqui neste link.

+ Seja o primeiro a comentar

Comente

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.