Com brincadeiras você pode trabalhar o ciúmes entre irmãos


By patcamargo

Pois é. Atire a primeira pedra quem não conviveu com o ciúme entre irmãos. A não ser que você seja filho único e só tenha um filho também, estes conflitos fazem parte da natureza humana e eu acho até saudável que as crianças passem por isso e aprendam a lidar com este sentimento.

Quanto melhor eles trabalharem o ciúmes entre irmãos enquanto pequenos, mais fácil ficará para identificar, compreender e lidar com isso no futuro, quando estiverem adultos.

Talvez você esteja grávida do segundo (ou terceiro) filho, ou seu bebê já está em casa e seu filho mais velho comece a sentir ciúmes. Ou seus filhos são maiores, mas o ciúme também aparece com muita ou rara freqüência. Qualquer que seja sua situação, há vários livros e material na internet de boa qualidade, com especialistas em desenvolvimento infantil explicando como lidar com o tema ciúmes entre os irmãos. Então, eu não vou entrar nesta linha, ok?

Brincadeiras com os irmãos separados: o segredo do sucesso

O que eu quero é mostrar como as brincadeiras podem ajudar neste processo de ensinar aos filhos como lidar com o ciúme. Vamos concordar que o primeiro ciúme que seu filho irá sentir provavelmente será de você, ou da pessoa mais próxima dele no dia a dia. Depois virá o sentimento de ciúme de coisas, brinquedos, objetos. Então, vamos por partes.

Uma dica que funcionou muito comigo foi estabelecer desde o momento da chegada da minha segunda filha, um tempo para cada um. Claro que um bebê demanda muito da gente, mas se desde o início você tiver um tempinho no dia para brincar com seu ou seus filhos mais velhos, o processo de chegada de alguém novo será melhor. Além disso, como o bebê é pequeno, há várias brincadeiras que você pode fazer com o mais velho, enquanto o mais novo se diverte só observando o que está acontecendo.

Jogar bola, desenhar, brincar com jogos ou de imaginação são exemplos de brincadeiras que são simples, e você pode, se for o caso, parar a qualquer momento para atender o bebê. Você pode até aproveitar para trabalhar a coordenação do seu filho mais velho, como nesta dica do post da MomsHaveQuestionsToo (a foto abaixo é dela).

Com brincadeiras você pode trabalhar o ciúmes entre irmãos - bola moms have questions too

Com as crianças um pouco mais velhas, a regra também funciona: eu tiro 20 minutos, 30 minutos para brincar separado com cada um deles. Enquanto isso, os outros dois estão fazendo alguma atividade que precise menos da minha atenção, como brincar com massinha, montar blocos de Lego ou criar uma história com os bonecos (para depois contar para mim). Temos uma lista imensa de brincadeiras que levam pouco tempo, só uns minutinhos. E são estas que eu escolho, conforme a preferência de cada filho, nestes momentos de cada um separadamente comigo.

Brincadeiras para ensinar as cores - gabi separando o lego

Brincadeiras com os irmãos juntos: o segredo do sucesso 2

A brincadeira separada vai mostrar a seu filho que ele é importante para você na sua individualidade. Mas a vida é um convívio social e seus filhos precisam estar diante do ciúme para saberem lidar com ele. Nada melhor do que propor brincadeiras que todos possam estar juntos.

A Patricia Marinho escreveu sobre brincadeiras que ela consegue unir suas filhas com diferença de idade bem significativas. Olha só como é possível planejar brincadeiras para a Carol e a Gabi juntas.

Mais 7 brincadeiras para irmãos de idades diferentes_brincadeira caseira argolas

Brincadeira sensorial para todas as idades_maisena_mao e colher na farinha

Já eu também escrevi (e boa parte dos meus posts são assim) sobre várias brincadeiras em que eu reúno meus três filhos, que têm idades próximas e gêneros diferentes (são duas meninas e um menino). Quando brincam juntos, eles compreendem que cada um tem sua diferença, sua fortaleza e seus pontos que precisam de ajuda.

Brincadeiras para irmãos pequenos - crianças com bola

Meu papel neste momento, além de brincar com eles (lembra? Para valorizar e reduzir a chance de ciúmes), é ajudá-los a entender que ter diferenças não significa ser mais ou menos bem quisto. Ou seja, quando eles percebem que são queridos mesmo na presença dos irmãos ou ao perceber que a brincadeira envolve a todos e ninguém fica de lado, a tendência é que o sentimento de ciúmes diminua.

Sem provocar o ciúmes

Se você perceber que uma determinada brincadeira só funciona para um dos filhos, melhor deixá-la de lado e escolher outra. O ciúmes é um sentimento comum no ser humano, mas não precisamos provocá-lo, certo? E quando acontecer? Bom, daí você irá ensiná-los a expressar o sentimento de uma maneira não agressiva e a lidar com a situação da forma mais tranquila possível. Ainda bem que tem os especialistas para nos ajudarem, certo? 🙂

E todo final de post vem o lembrete para você. Nosso grupo que recebe a newsletter está bombando! Eles não perdem nadinha do Tempojunto porque recebem semanalmente um e-mail com as novidades do blog e das outras redes. Para participar basta se cadastrar gratuitamente.

+ Seja o primeiro a comentar

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.