Brincadeira sensorial com papel picado


Faz tempo que eu não falo sobre brincadeiras sensoriais com bebês, não? É que eu tenho repetido algumas atividades em casa. Afinal, a obrigação de fazer sempre coisas novas eu só tenho por conta do blog. Desta vez, o post vai ser sobre uma brincadeira sensorial com papel picado que a Carol inventou. Começou como um experimento, porque Carol queria ver o que a acontecia com o papel da revista picado se ele ficasse de molho. E depois ela mesma achou que a Gabi ia se divertir com aquela “mistureba”. E ela acertou em cheio!

Eu não registrei o início do experimento porque foi algo que a Carol começou sozinha. Mas basicamente o que ela fez foi pegar uma revista impressa em papel couchê (tipo Vogue) e picou em pedaços pequenos que foram colocados de molho num pote com água. Ao ver a mistura pronta, a Carol me chamou para ver e perguntou se podia convidar a Gabi para brincar.

Brincadeira sensorial com papel picado - carol e gabi brincando com o papel

E aí foi a vez da Gabi inventar jeitos de brincar com mistura. Primeiro com a pá.

Brincadeira sensorial com papel picado - papel com a colher a pá verde

Brincadeira sensorial com papel picado - papel com a pá

Depois com a colher de mel.

Brincadeira sensorial com papel picado - Gabi com o papel e a colher de mel

Brincadeira sensorial com papel picado - papel com a colher de mel

Teve também a pá e a colher juntas, uma em cada mão

Brincadeira sensorial com papel picado - gabi usando a pá e colher de mel

Brincadeira sensorial com papel picado - Gabi com a pá e a colher

E finalmente a descoberta do papel grudado na mão.

Brincadeira sensorial com papel picado - Gabi pegando o papel com a mão

Brincadeira sensorial com papel picado - Gabi com o papel grudado na mao

Brincadeira sensorial com papel picado - gabi descobre o papel grudado na mao

Esse foi o nosso tempo junto de hoje. É claro que esta atividade, assim como tudo o que propomos aqui no Tempojunto, é para ser feita com a supervisão de um adulto. Além disso, é importante deixar para fazer este tipo de atividade depois que a criança já parou de querer levar tudo para boca. ok?

Se você preferir acompanhar nossas postagens por email, basta clicar aqui para assinar nossa newsletter semanal.

 

 

2 Comments

Comente
  1. 1
    Maíra

    Adoro o site! Sou fã da organização de vcs. Das explicações! Tudo de ponta! Eu que trabalho com crianças utilizando essa metodologia sempre uso as dicas! Sei da importância do brincar e da importância dessa estimulação. Proporciona um prazer pela descoberta. Desenvolve a cognição, sem falar no Tempo Junto, Que aproxima e torna- se um tempo Precioso!!

+ Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.