Brincar de música incompleta é ótima para o raciocínio rápido


Quando eu trabalhava diretamente com atividades recreativas com crianças e jovens, uma das brincadeiras que fazíamos era a Música Incompleta. Mal sabia eu naquela época que, além de divertir e distrair eu estava ajudando a desenvolver o raciocínio rápido das crianças.

Pois foi a vez de as minhas filhas quererem brincar disso comigo. E foi engraçado, porque eu brincava de Música Incompleta com elas quando eram menores, com cerca de 3 anos. Depois, passou e ficamos um tempão sem jogar este jogo de raciocínio rápido e ritmo. Recentemente, elas agora com 7 e 6 anos, a brincadeira voltou e fazemos a todo instante.

Até porque Música Incompleta é daquelas brincadeiras que não precisam de nada, além da sua voz e cabem em diversas situações, como uma fila, uma viagem ou um momento em que vocês simplesmente estão juntos, sem nada para fazer.

Meu Chapéu

Para brincar, você precisa saber a letra de uma música curtinha e, de preferência, com repetições. Assim como “O Meu Chapéu”

O meu chapéu tem três pontas
Tem três pontas o meu chapéu
Se não tivesse três pontas
Não seria o meu chapéu

Comece cantando a música inteira com seu filho. Em seguida, escolham uma palavra para sair fora da música. Cantem novamente, mas no lugar da palavra escolhida ninguém pode dizer nada.

Em seguida, troquem de palavra. Ou, para deixar mais complicado, adicionem palavras que não devem ser cantadas. Além de ser preciso parar e pensar nas palavras, é necessário ter um sentido de ritmo para saber continuar a música depois da pausa.

Assistindo a este vídeo em que eu brinco com as minhas filhas, você vai entender melhor.

O que você achou? Tem outra dica de música que pode ser usada para brincar de Música Incompleta? E se você quiser conhecer mais dicas de brincadeiras simples e divertidas como esta, inscreva-se na Newsletter Tempojunto. Semanalmente, enviamos um e-mail com todas as nossas novidades! É gratuito!

+ Seja o primeiro a comentar

Comente

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.