5 atividades incríveis que valem o tempo de preparo


Estamos entrando em ritmo de férias escolares aqui no Tempojunto. Você já viu o nosso e-book, Tempojunto nas Férias? Ali tem quatro calendários prontinhos, divididos por idade, para você aproveitar muito com seus filhos.

E como neste período a gente pode ter mais tempo livre, especialmente se você conseguiu tirar alguns dias também, resolvi escrever este post com propostas de atividades e brincadeiras que dão um pouco mais de trabalho para preparar, mas com um resultado tão incrível que valem muito à pena.

Eu já havia escrito um post com atividades incríveis que valem à pena no final do ano de 2014 e muita gente gostou. Então, aqui vão mais ideias:

1. Uma tenda de lençol no jardim

Fazer acampamentos é uma das atividades mais gostosas nas férias. Já fizemos um post com um acampamento em casa, então, este é no quintal, para ser feito durante o dia e, quem sabe, à noite, se na região onde você está não faz tanto frio. Esta da foto foi feita com um lençol colocado sobre uma corda fixa em dois ganchos. Depois também fixos no chão. A montagem explicadinha está no post da Curly Birds.

tenda no jardim

2. Castelo, cidade ou labirinto de caixas de papelão

O princípio é o mesmo para a construção dos três. E é preciso reunir várias caixas de papelão. Então, se você não está comprando eletrodomésticos novos ou não conhece ninguém que esteja, quem sabe pedir no condomínio do prédio ou no comércio local? A montagem desta cidade pode ser vista neste post que está em inglês. Mas dá para ter uma ideia pela foto, não?

castelo

3. Teatro de sombras

As sombras são fascinantes para as crianças. E para incrementar mais a brincadeira, que tal construir um palco e bonecos dos personagens de livros que as crianças mais gostam? No post onde eu encontrei a ideia foi usado o livro “O Grúfalo”, que também é bastante conhecido das crianças aqui no Brasil e a Patcamargo tem em casa.

material

Você irá precisar de:

uma caixa vazia de cereal ou de sapato

papel branco A4

palitos de sorvete (como eu não tinha palitos, usei canetas esferográficas velhas)

papel cartão preto

cola

fita adesiva

tesoura

As instruções para montagem do teatro estão no post da Mousehouse. Olha só o resultado final como fica demais! Em casa eu fiz os bonecos e estou esperando chegarem as férias para montar o palco.

Teatro de fantoches gufalo

4. Caixa de formas gigante

Olha que demais esta caixa gigante de brincar de formas com os bebês. Ela é feita a partir de uma caixa grande de papelão. O post original é da revista norte-americana Parents. Mas eu fui procurar na versão online e não achei. O passo a passo, então, tem como fonte o EcoDesenvolvimento que traduziu o conteúdo para o português. Mas eu fiz algumas alterações que facilitam um pouco a montagem da caixa.

Materiais necessários:

Caixa de papelão
Compasso ou forma circular (pode ser um prato)
Régua
Caneta
Estilete
Fita adesiva colorida
Cola quente

Desenhe as formas desejadas nos seis lados usando o compasso, a régua e o lápis. Corte as formas com o estilete. Preecha os buracos vazados com fita adesiva colorida, para dar acabamento e proteger as mãos do bebê. Utilize a pistola de cola quente para selar a caixa e mantê-la bem fechada em ambas as extremidades. Agora é só convidar seu filho para brincar, buscando pela casa objetos com as formas da caixa gigante!

brincquedos caixa

5. Pebolim de caixa de sapato

Esta a Patcamargo fez em casa com as crianças. Mas acidentalmente a caixa molhou depois que as crianças brincaram e antes de tirarmos fotos (aff, acontece, né?). Então vou postar o original, com o passo a passo descrito. Você faz com materiais simples como caixa de sapatos, pregadores de roupa e palitos de churrasco com a ponta cortada.

Mas valem as duas dicas da Patcamargo para o jogo funcionar direitinho, meça bem a altura que o pregador ficará na caixa de sapato, para ele alcançar a bolinha. Nada mais chato que o brinquedo pronto com os jogadores “flutuando, sem encostar na bola”. Segunda dica é usar uma bolinha de gude em lugar da de golf da foto. Primeiro porque gude é mais fácil de encontrar e mais barata. Segundo, que por ser menor, a bola de gude dá mais agilidade para o jogo. A de golf fica enroscando toda hora nos jogadores.

Mini toto

E se você gostou da ideia, tem uma lista especial para quem prefere receber o Tempojunto no seu e-mail. É só se cadastrar!

Selo post com afiliados

2 Comments

Comente

+ Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.