Pebolim é uma delícia de brincadeira de estímulo


Hoje é o sábado que reservamos para falar de uma brincadeira e seus estímulos. Não porque você vá brincar com seu filho só por causa deste estímulo, mas para que conheça como uma brincadeira pode trazer tantos benefícios às crianças.

Outro dia, meu filho Pocoyo estava brincando com um amigo e eles resolveram jogar pebolim, que também é chamado de totó em alguns lugares. Eu resolvi observá-los.

Jpeg

Antes de tudo, vale destacar como eles se divertiram. Como ambos têm 6 anos, eles dominam pouco a habilidade de lidar com todos os comandos da mesa, então criaram novas regras para que conseguissem jogar. Só aí posso citar o exercício de resolução de problemas, de planejamento, de negociação e definição de um acordo. Uma das novidades do jogo foi usar mais de uma bolinha ao mesmo tempo.

Jpeg

Coordenação motora e imaginação

Em pouco tempo, eles estavam em outro mundo, completamente envolvidos na imaginação. Cada um narrava o jogo, fazia sons de torcida, vibrava com as jogadas e usavam livremente a imaginação e a criatividade criando personagens, características de jogadores e cenários.

E os diversos tipos de coordenação necessária para o pebolim, já pensou nela? Primeiro a tal da coordenação olho-mão que falamos muito em atividades para bebês. A criança precisa ter noção de distância e profundidade para acertar a bolinha com o jogador.

Depois, a coordenação motora para movimentar pelo pulso as manivelas, girando-as. E finalmente a coordenação de praticamente sem olhar, alcançar as manivelas corretas antes do companheiro fazer o gol.

Jpeg

Eu viajei observando tido isso, vendo a evolução deles no jogo, a criatividade e diversão. Foi muito bom. Aliás, este também é um dos papéis que nós adultos podemos ter durante uma brincadeira. O de observar a interação dos filhos.

Se você não tem um totó por perto, pode fazer um com caixa de sapatos. Todo este resultado de estímulos é o mesmo. Eu fiz em casa com meus filhos e postei num texto sobre brincadeiras mais trabalhosas, mas que valem à pena.

Gostou da dica? Tem muito mais por aqui e você pode aproveitar tudo de uma forma mais prática fazendo parte da nossa lista Tempojunto. Semanalmente enviamos um e-mail com tudo o que publicamos, e você ainda conhece as nossas novidades primeiro. É gratuito. Inscreva-se.

+ Seja o primeiro a comentar

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.