Você no Tempojunto: criatividade a mil por hora – Michelle Lucena


Tem algumas leitoras do Tempojunto que estão conosco desde o comecinho, quando ainda dávamos os primeiros passos e sempre nos enviaram dicas de brincadeiras ou as imagens do brincar com os filhos. A Michelle Lucena é uma delas. Nós já recebemos mais de 50 fotos de brincadeiras diferentes dela, o que eu acho o máximo! E como ela também tem três filhos pequenos como eu (oi, é a Patcamargo aqui), me identifico com a criatividade a mil por hora da Michelle para inventar novas formas de brincar com os três juntos.

Por este motivo, a Michelle hoje é quem escreve o post, com as várias dicas de brincar, aqui na série Você no Tempojunto.

ocê no Tempojunto criatividade a mil por hora - Michelle Lucena - foto michelle

“Sou mãe de 3 adoráveis crianças. Uma menina de 5 e meninos de 3 e 1 ano. Todos planejados, desejados e muito amados. Filhos vêm pra fazer a gente se tornar melhor. Eu simplesmente queria brincar mais e melhor do que foi a minha infância. Optei por trabalhar menos fora e ter mais tempo para as crianças.

Acho que faltam ternura e vínculo nesse mundo. Estar mais tempo em casa é o meu maior presente. Brincar é o nosso meio para facilitar a rotina, favorecer convivência, explorar e desenvolver habilidades. Brincar é viver e isso sempre foi intuitivo e natural. Qualquer coisa vira brincadeira. Uma tampinha, uma sacola ou um rolo de papel. Fazemos bola de meia, avião de papel, invenções com balão. Tem pinhata, ajuda na cozinha, farra no banho.

ocê no Tempojunto criatividade a mil por hora - Michelle Lucena - apunhado de brincadeiras 1

Tem colagem, revista rasgada, caça letrinhas. Tem mural de desenhos, telas e pinturas afixadas pela casa. Tem responsabilidade de colocar comida pro cachorro, arrumar cama e tirar poeira dos brinquedos.

ocê no Tempojunto criatividade a mil por hora - Michelle Lucena - apunhado de brincadeiras 2

Mas nem tudo é um mar de rosas, tem dia que o tempo aperta, a paciência se apequena e a brincadeira é de vaca amarela para garantir silêncio e recuperar o fôlego.

Por aqui os três dormem no mesmo quarto e temos outro de brinquedos. Considero isso um facilitador, um espaço para que a bagunça seja permitida e a casa não ficar completamente desorganizada. Ninguém brinca com celular ou tablet. Tem TV sim, mas sem abusos.

Tem corrida imitando bichos pra ir pro banho, tem música pra lavar as mãos, tem mutirão do quem ajuda a guardar os brinquedos, quem chega primeiro. Tem piquenique de frutas na garagem com biblioteca. Tapete mágico passa arrastando a turminha pela casa. Fazemos bolhas de sabão pequenas e gigantes, minhoca de espuma, fazemos nossa própria massinha, viramos bonecos de neve com maisena e seguimos para banho de lavajato no atacado. Os pés ficam sujos e é permitido brincar na terra. A carroceria da pick-up vira piscina de bolinhas, a rampa da garagem vira escorregador com papelão.

ocê no Tempojunto criatividade a mil por hora - Michelle Lucena - apunhado de brincadeiras 3

Somos conhecidos no sacolão da esquina por pedirmos caixas que se tornaram prédios, casas, castelos, carros e trens. Por aqui fazem sucesso as brincadeiras inventadas, cantigas de roda, os experimentos e os brinquedos que foram do papai e da mamãe. Estou sempre buscando novas de idéias e procuro elaborar atividades que possam contemplar os 3.

Crescer e aproveitar a infância

À medida que estão crescendo eles mesmos trazem ideias pra diversão. O Tempojunto é fonte de inspiração para ficarmos cada vez mais juntos. Sempre tenho por perto fita crepe, papel e tesoura. Minha filha vive dizendo que não quer nada do quarto de brinquedos, quer uma brincadeira inventada… Daí preciso me virar… Criança não trabalha, criança dá trabalho como disse Arnaldo Antunes.

Não posso deixar de registrar a colaboração e compreensão do papai, que é muito divertido e bem humorado, para que tenhamos condições de ter uma casa brincante. Assim vamos vivendo, curtindo, aproveitando ao máximo a infância dos nossos pequenos, nesse mundo de tanta pressa e contatos cada vez mais breves e virtuais. A gente não quer só dar presente. A gente quer ser presente.

ocê no Tempojunto criatividade a mil por hora - Michelle Lucena - brincando com o pai

Envio em anexo fotos deles fazendo meu presente de dia das mães. Camiseta branca e canetinha hidrocor.
Passei o domingo com ela.

ocê no Tempojunto criatividade a mil por hora - Michelle Lucena - fazendo a camiseta

Não faltam registros de atividades com eles…”

Eu disse que seria inspirador, né? Daqui do Tempojunto, a gente só tem a agradecer parceiras como a Michelle e como você que está lendo este post e com muito ou pouco tempo quer com a gente tornar este mundo mais brincante!

Vem com a gente também! Inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter e faça parte deste grupo que recebe semanalmente todas as novidades do Tempojunto.

5 Comments

Comente
  1. 1
    DILMA CARVALHO

    Amei , achei fantástico !
    Parabéns e um grande abraço a minha querida Michele Lucena , pessoa maravilhosa por quem tenho imenso carinho e grande respeito !

  2. 3
    Andrezza Bereczki dos Santos

    Sem palavras… Não há como expressar a alegria que sinto por ver pessoas que realmente olham para seus filhos e investem de verdade na vida deles, não só na vida mas na consiência . na conversa, no olho no olho, no caráter , na cosmovisão e no coração. Que entendem que existe algo muito mais precioso do que o dinheiro que se possa gahar. Sites como esses e pessoas como essas são um verdadeiro bálsamo para alguns ou algumas como eu que estão sempre remando contra a maré, em um meio em que ninguém pensa assim, ninguém nos entende, mesmo entre os amigos mais chegados e parentes, muitas vezes nos parecemos loucos, exagerados e infantis. Diante de tanta pressão às vezes ate nós mesmos começamos a nos questionar “será que sou eu quem está errado?”. Nosso tempo é um tempo de crianças abandonadas: abandonadas à televisão, ao tablet, aos avós, aos vizinhos ou qualquer cuidador, ao balé, natação , às aulas de ingles, e às renomadas escolas e suas filosofias. Parabéns Michelle, parabéns Pat(s), vocês não só são um bálsamo como citei, mas também uma grande fonte de inspiração a ação em minha casa e na vida do meu filho. Vocês não podem ter noção do alcance do trabalho de vocês na vida dele criação, coordenação, pensamento lógico, psicomotricidade , na contrução do nosso tempo de qualidade junto e no nosso relacionmento. Muito do que ele for quando adulto ele deverá a vocês. Um grande abraço

    • 4
      Patrícia Marinho

      Oi Andrezza,
      Que mensagem mais carinhosa. Muito obrigada por entender e apoiar o nosso projeto. No fim das contas, depende da gente cuidar dos filhos para que eles seja pessoas melhores e a gente viva em uma sociedade melhor. Mas não se sinta só. Tem muita, mas muita gente que pensa como você e como nós. Ainda bem :)
      Beijos e volte sempre,
      Patrícia

  3. 5
    Fernanda Nichii Tamanaha Toma

    Que máximo, Michele!
    Parabéns!!!!

    Eu adoro essa coluna! É muito legal conhecer a experiência de outros papais e mamães nesse “mundo” tão maravilhoso e complicado que é ter filhos!!!❤️
    Beijos

+ Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.