Atividades para bebês de 0 a 6 meses – #8 – Ficar de bruços


Um dos benefícios, para mim, de ter começado a fazer este blog é a oportunidade de conhecer e interagir com outras mães que tenham afinidade com a proposta do tempojunto. Através do Instagram, por exemplo, conheci o trabalho da Raquel Jaskulski, que é terapeuta ocupacional em Porto Alegre e mantém um perfil super interessante chamado @mamaecriaebrinca (vale a pena seguir!). Eu queria muito fazer um post sobre uma questão importante para o desenvolvimento motor dos bebês que é ficar de bruços e encontrei no IG dela uma série super interessante de 7 passos para fazer a criança se acostumar com essa posição. Pedi sua autorização para reproduzir aqui no blog o material dela e, gentilmente, a Raquel autorizou. Então, com vocês, as dicas do @mamecriaebrinca para ficar de bruços: De bruços   “Por que devemos deixar nosso bebê de barriga? Bebê de bruços é importante porque as habilidades aprendidas são essenciais para o desenvolvimento posterior. Pense nisso, a maioria dos grandes marcos no primeiro ano de vida envolvem a posição de bruços, de uma forma ou de outra (por exemplo, levantar e virar a cabeça , rolando, empurrando o peito do chão, levantando-se de mãos e joelhos, realizando manobras, rastejando). Como uma terapeuta ocupacional, devo mencionar que o tempo da barriga também contribui para a força e as habilidades necessárias na parte superior do corpo e as mãos para tarefas em idade escolar, como caligrafia. Sim, ele começa tão cedo! por cerca de 3 meses de idade, os bebês devem receber pelo menos 90 minutos por dia de tempo de barriga. Aqui está uma orientação geral: comece cada passo algumas vezes por dia, alguns minutos por dia, construindo a etapa sete. Serão 7 dicas adiante:             Passo 1   O Bebê é mantido no seu ombro para arrotar ou ser transportado. Esta é, naturalmente, uma das primeiras posições mais comuns em que as pessoas fazem com os bebês, parabéns! Se você está lendo este post, então você provavelmente já realizou o primeiro passo. Este é realmente o primeiro passo para ajudar um bebê a aprender a ficar confortável de bruços. Quanto mais alto em seu ombro você segurar o bebê, mais força necessária ele faz para manter a cabeça para cima e firme.  Tente não deixar o seu bebê chorar durante o tempo de bruços (embora alguns grunhidos seja normal porque estão se esforçando), e fazer o seu melhor para enfrentá-lo, fique ao nível dos olhos do bebe e falando ou cantando para ele. Sempre supervisione o seu bebê durante o tempo de barriga para ter certeza que ele está seguro. E, como mencionado anteriormente, tomar esses “passos” como sugestões ao invés de rígidos requisitos. Deixe seu bebê (e sua intuição) ser o seu guia! Passo 2 Deixe seu bebê ficar de bruços sob seu peito durante o sono ou para brincar. Como no primeiro passo, esta é também uma prática muito comum entre os pais e cuidadores de bebês. E – devo acrescentar – uma das práticas mais doces e mais memoráveis que ocorrem durante os primeiros dias e semanas é esta ligação entre o bebê e você. Se seu bebê ainda não está confortável ficando na horizontal em sua barriga, você pode simplesmente se inclinar mais para trás enquanto ele repousa sobre você. Aos poucos vai aceitando! Passo 3 Seu Bebê fica de bruços, de costas para você através dos seus braços enquanto estiver acordado ou sendo transportado. Este leva um pouco de prática, mas a maneira mais fácil de conseguir esta posição é colocar um braço entre as pernas do bebê até a região do peito, em seguida, trazer o outro antebraço para baixo entre o ombro e a orelha dele. Como um bônus, isso também pode ser uma ótima posição para acalmar os bebês que são agitados ou com cólicas. Você pode praticar com uma boneca na frente de um espelho, se você ainda está se sentindo insegura. Uma vez que você pegar o jeito vai se divertir um pouco com ele e ligar uma música para que vocês possam dançar durante esta posição! Você pode mover bebê rápido e devagar, para cima e para baixo, girando um pouco. Apenas certifique-se de parar por alguns segundos a cada minuto, a fim de permitir que o bebê registre os movimentos (o corpo se acostuma com os movimentos contínuos e espécie de “pára” irá fazer-lo perceber o ritmo). Passo 4 Bebê fica de bruços em uma bola suíça, travesseiro grande, ou suas próprias pernas. Este é melhor, porque você pode variar o ângulo em que seu bebê está posicionado, determinando o balanço. A maior inclinação será mais confortável para um bebê que está apenas começando (como foi estar no ombro) enquanto que uma posição mais plana em cima da bola, travesseiro, ou canelas será mais desafiador e adequado para aqueles que são mais ao longo do processo. Depois de conseguir que seu bebê fique em uma posição mais confortável, em uma bola suíça, você pode começar a rolar lentamente para a frente e para trás, certificando-se de que você fique próxima neste momento. Enquanto você certamente pode colocar as mãos nos quadris do bebê e posicionar-se atrás dele enquanto rola, é ainda melhor se vocês estiverem em frente a um espelho para poderem interagir melhor. Se você não tem uma bola de exercício, você pode usar um travesseiro grande em vez disso, colocar o peito do bebê na borda inferior do travesseiro e sustentando-o pelos quadril de modo que ele fique em declive semelhante ao que ele foi colocado em uma bola . Sobre suas pernas, (este é melhor para as pessoas mais altas, que têm pernas mais longas do que pessoas com pernas mais curtas). Quanto mais fletido seus joelhos (ou seja, quanto menor o ângulo), o bebê estará mais inclinado sendo mais confortável para ele. Você pode transformá-lo em uma brincadeira, de “elevador” movendo suas pernas lentamente para cima e para baixo. Cante para ficar mais divertido! Passo 5   O Bebê fica com a barriga para baixo e parte superior do tórax posicionado sobre uma toalha enrolada no chão, com os braços sobre a toalha. Você também pode posicionar o bebê com sua parte superior do tórax sobre sua perna, em vez de uma toalha, ou você pode se sentar no chão com as pernas em forma de diamante (seus pés ficam tocando um no outro) e o posicione de costas para você com o peito sobre seus pés, Você pode colocar um brinquedo, livro, espelho, ou mesmo uma outra pessoa em sua frente, a fim de tornar esta posição mais interativa! Algumas pessoas também optam por usar a almofada de amamentação para ajudar o seu pequeno, fiz muito assim! Faça o que funciona para o seu bebê! Passo 6   Bebê fica com a barriga para baixo em toda extensão das suas pernas, você pode estar sentada em uma cadeira ou no chão. O bebê fica confortalmente propenso sobre suas pernas, apoiando sua cabeça (que fica virada para o lado), você pode acariciar suas costas nessa posição ou talvez até mesmo oferecendo-lhe uma chupeta. O meu favorito é sentada no chão com as pernas estendidas para que o bebê possa começar a colocar os braços para fora na frente dele no chão. Ótima experiência! Passo 7 Bebê encontra-se de forma independente com a barriga para baixo no chão! Continue brincando e estimulando enquanto ele permanece na posição e, antes que você perceba, ele vai estar empurrando seu pequeno peito do chão e se preparando para rolar! É realmente muito incrível! Mamães terminamos aqui esta série #bebedebrucos, faça cada “passo” repetidas vezes alternando se quiser as posições, E a cada dia seu bebê vai se acostumando a ficar de bruços e tornar esta habilidade prazerosa!”

Obrigada, Raquel (@mamaecriaebrinca) por me deixar compartilhar sua série #bebedebrucos no blog! Quem quiser conhecer mais as dicas da Raquel, também seguir a página dela no facebook http://facebook.com/mamaecriaebrinca

Tem muito mais dicas de brincadeiras aqui no site. É só usar uma das nossas ferramentas de busca para encontrar o que precisa. E se você não quiser perder nenhum conteúdo que publicamos para bebês, clique aqui para baixar o seu ebook “Como montar uma área de brincar” e entrar para a nossa lista de emails. Toda semana mandamos um resumo que foi publicado no blog para você. 

Ebook area de brincar_1

Gostou das nossas dicas? Aqui no Tempojunto, temos dicas de brincadeiras todos os dias e para todas as idades. Se você quiser, para não perder nossas novidades, inscreva-se na nossa newsletter e toda semana você receberá nosso e-mail cheio de dicas.

32 Comments

Comente
      • 4
        Patrícia Marinho

        Maria Fernanda, vou colocar aqui um post que acho bem bom sobre as circunstâncias da morte súbita. http://brasil.babycenter.com/a2000004/morte-súbita
        Uma maneira de reduzir os riscos é não deixar o bebê dormir de bruços. Da mesma forma que a criança, mesmo acordada, não deve ficar de bruços, sem supervisão, para não correr o risco de sufocar por não conseguir sustentar e virar a cabeça. No entanto, nos momentos em que a criança está ativa e acompanhada do adulto cuidador, não só ela pode como deve ficar de bruços para promover o seu desenvolvimento motor de forma adequada.

  1. 7
    Talita

    Minha bebê tem 2 meses e chora muito quando a coloco de bruços e eu fico com medo de estar “pulando” uma etapa do desenvolvimento dela… No meu colo ela fica de bruços.. Na cama ou outro lugar odeia… Mas agora vou tentar no passo a passo

    • 8
      tempojunto

      Oi Talita, isso do bebê chorar acontece. Minha filha também não gostava e foi se acostumando aos poucos. Eu postei este conteúdo da @mamaecriaebrinca justamente para ajudar outras mães que tinham dificuldade como eu tive. A ideia do passo a passo é mesmo muito boa!

  2. 9
    Vanessa

    Minha bebê tem 3 meses e 13 dias e não tem o pescoço firme. Sustenta por alguns segundos, mas qdo tento puxá-la pelos bracinhos, de frente para mim, a cabeça fica para trás, ela não consegue sustentar. Será que está atrasada no seu desenvolvimento?

    • 10
      Patrícia Marinho

      Olá Vanessa,
      Eu não sou especialista em saúde e nem conheço a sua filha pessoalmente para saber se ela está atrasada ou não. O que eu posso dizer é que, em geral, situações que julgamos ser algum atraso nada mais é do que o ritmo natural da criança. Cada criança tem o seu ritmo e a gente deve respeitar. No entanto, a melhor pessoa para detectar se há atraso ou não é o pediatra. Você deveria falar sobre sua preocupação com ele na próxima consulta e, ao mesmo tempo, praticar as atividades que levam ao fortalecimento do pescoço que você encontra neste post da série Desenvolvimento do Bebê: http://www.tempojunto.com/2014/09/18/serie-desenvolvimento-bebe-parte-2/
      Com os estímulos adequados, todas as crianças podem se desenvolver melhor, mesmo as que apresentam alguma dificuldade.
      Beijos,
      Patrícia

  3. 11
    priscila

    ola minha bebe tem 3 eses ela ainda e muito molinha como faco para ajudar ela a se estimular ela nasceu de 34 semanas isso conta tbem me ajudem por fvor sou mae de primeira viajem..

    • 12
      Patrícia Marinho

      Oi Priscila,

      É muito difícil para a gente fazer recomendações específicas, não só porque nós não somos profissionais de saúde, mas também porque sabemos pouco sobre o seu caso (até para comentar com os especialistas a que temos acesso). Minha sugestão é você conversar com o seu pediatra e pedir orientação sobre o tipo de estímulo que você poderia oferecer para a sua filha em casa. A partir de uma lista de demandas específicas, podemos pensar em brincadeiras adequadas para a fase do desenvolvimento. Outro ponto importante é que o desenvolvimento motor da criança se dá da cabeça para os pés. Ou seja, primeiro a criança tem que segurar o pescoço, para depois ficar sentada e só depois engatinhar. Assim como ela primeiro fortalece os ombros para depois conseguir pegar objetos com as mãos. Você pode ler os posts da série Desenvolvimento do Bebê para poder entender o estágio atual da sua filha (por observação) e fazer as brincadeiras adequadas para o seu estágio atual. Tem um resumo deste assunto neste post aqui: http://www.tempojunto.com/2015/03/22/7-dicas-para-estimular-o-desenvolvimento-do-bebe/
      Espero ter ajudado.
      Abraços,
      Patrícia

  4. 15
    Clau

    Perfeito meu bebe tem 3meses e tudo é realmente assim como funciona amo meus filhos eles se divertem e nos tambem.bjks.

    • 18
      Patrícia Marinho

      Daniel, cada bebê tem o seu próprio ritmo. sAlguns precisam de mais estímulos para atingir os marcos do desenvolvimento. Procure fazer brincadeiras adequadas para a faixa etária, respeitando o ritmo da sua bebê e converse com o seu pediatra para tirar dúvidas.

  5. 30
    Silvana Padovam

    É importante a posição de bruços, do ponto de vista neuro motor, pq promove o fortalecimento das cadeias musculares extensoras do tronco.Isso torna possível o movimento contra a gravidade; eleva a cabeça , apoia-se sobre os antebraços, alcança brinquedos, rola, arrasta-Se sobre a barriga, etc.Isso, como resultado ajuda na formação das curvaturas da coluna vertebral de concavidade posterior: lordose cervical e lordose lombar..
    Crianças q não são incentivadas a ficarem de bruços, poderão ter atraso ou lacunas no desenvolvimento motor…

  6. 31
    Juliana Okamoto

    Tenho um rapazinho de 2 meses e o mais incrível é que ele já esta todo firme ele levanta a cabeça e observa tudo a sua volta, e o mais interessante é que ocorreu com 3 dias. Ele é muito ativo e desde que nasceu ele dorme de bruços, e meu filho de 9 anos tbm só dormia de bruços. É tão bom que as vezes ele já se arrastou no berço e esta em outro lugar.

    • 32
      Patricia Camargo

      Que rapazes espertos você tem em casa Juliana! E é verdade: de um dia para outro eles começam a fazer coisas incríveis que não faziam minutos antes. ;)

+ Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.