Brincadeiras de palavras ajudam a desenvolver a fala e o vocabulário

Brincadeiras de palavras ajudam a desenvolver a fala e o vocabulário


By patcamargo

Poder se comunicar é fundamental para qualquer pessoa viver em nossa sociedade. Seja por meio de escrita, desenho, gestos, libras ou pela fala, é importante que nossos filhos desenvolvam a comunicação. E falar faz parte deste caminhar na vida. O período de vida em que a criança começa a falar é muito relativo e particular. E pode independer da nossa interação. Ou seja, mesmo interagindo muito pode ser que seu filho começe a falar ou desenvolva totalmente a linguagem depois ou mais lentamente que outras crianças. Isto necessariamente não é o mais importante (salvo, claro, quando há outro fator envolvido, mas neste caso, nossa dica é sempre buscar o pediatra ou especialista).

Mas o que a gente sabe também é que o estímulo é bom e ajuda nestas etapas do desenvolvimento. E quando podemos literalmente brincar com isso é melhor ainda! Eu já escrevi sobre brincadeiras que são ótimas para praticar a fala. A Patricia recentemente fez um post contando como um teatro de fantoches tem estimulado a linguagem da Gabi. E fazendo uma busca no blog, você certamente irá encontrar outras formas, desde o bebê (como cantar, começar uma palavra para ele completar) até as crianças “pequenas” e “médias”, entre 3 e 6 anos, que já estão numa etapa de aprimorar a linguagem, a correção das palavras e a formação de frases e histórias que descrevam situações e opiniões.

2017-01-31 15.35.03

Diga papel

Hoje eu vou contar sobre duas brincadeiras que a gente faz em casa e que além de divertido, está ajudando no desenvolvimento da fala. A primeira é super simples: fazer caretas. Quantas vezes a gente brinca de fazer caretas? É bem simples e pode ser feita em qualquer momento e mesmo nos lugares mais impensados. E é ótimo! Eu me divirto à beça com as crianças.

Brincadeiras de palavras ajudam a desenvolver a fala e o vocabulário_pout_pourri-de-caretas

As caretas fortalecem os músculos, fazem as crianças descobrirem novas formas de usar a boca e a língua. E para incrementar, que tal falar fazendo a careta? Quase um exercício de fonoaudiologia, mas bem divertido!

A outra brincadeira quem me ensinou foi a Cururuca. Batizei de: Diga Papel. A brincadeira funciona assim: uma pessoa fará as perguntas mais diversas possíveis. E a outra só pode responder “papel”. E a brincadeira começa. Quanto mais perguntas e mais rápido forem feitas, mais difícil é se concentrar para responder “papel”.

Eu conseguia quase ver o cérebro das crianças pensando em perguntas para mim e formulando as frases completas para acertarem a brincadeira. E por outro lado, a concentração quando era a vez deles em responder. Ficava mais engraçado quando a palavra final que eu dizia rimava com papel. A gente acaba repetindo a última palavra da pergunta. Por exemplo: “Repete o nome Miguel”.

Brincadeiras de palavras ajudam a desenvolver a fala e o vocabulário_pout_pourri-de-caretas-2

Estas aí em cima são caras deles quando erravam a brincadeira rsrsrsr.

Tem alguma outra brincadeira com palavras que você conhece? Então escreve aqui nos comentários porque eu estou achando ótimo passar este tempo de brincar de falar com as crianças. E se você quer sempre estar atualizadinho com as nossas brincadeiras, increva-se gratuitamente na nossa newsletter e você vai receber semanalmente um e-mail com nossos posts.

+ Nenhum comentário

Deixe seu comentário


E aí, o que você achou?