Frisbee Árvore: brincadeira inventada pelas crianças

Frisbee Árvore: brincadeira inventada pelas crianças


Esse é um daqueles posts em que até tenho uma brincadeira para ensinar, mas o mais importante é contar o que o momento que eu vivi com a minha filha representa para a nossa relação. Quanto mais eu brinco, especialmente quando se trata de uma brincadeira inventada pelas crianças, mais eu vejo como os momentos que passamos com os filhos, brincando, são importantes para a construção do vínculo.

Deixa eu começar colocando uma citação da entrevista que fizemos com o Marcos Piangers, o Papai é POP:

Frases Marcos Piangers - brincar e estar la de verdade

Eu publiquei essa foto no instagram do Tempojunto e comentei que foi justamente esta constatação de que brincar é “estar lá”, na hora, com as minhas filhas que me levou a criar o Tempojunto. Eu queria garantir que seria minha prioridade estar lá. É tão fácil a vida corrida, o trabalho, o celular nos tirarem do presente e não nos deixam olhar e escutar os nossos filhos de verdade… Brincar com as crianças nos faz mostrar que elas importam e estreitam os vínculos que elas vão levar para toda vida. 

Mas o que eu faço para aproveitar os momentos e estar presente? Aí vão algumas lições:

1) Se prepare para o tempo com os filhos

Uma coisa que mudou muito na minha vida foi que passei a me preparar para estar junto com as minhas filhas. Essa é a primeira lição. Sempre tenho um material ou uma ideia de algo para fazer com elas quando sinto que vamos passar tempo juntas.

No caso do post de hoje, eu ia passar uns dias com a Carol e a Gabi em um resort e, por mais que eu soubesse que haveria recreador, eu quis mostrar para a Carol que ela importa e por isso, entre outras coisas, comprei um frisbee para levar na viagem. O sorriso que ela abriu de volta quando ela viu que eu estava me preocupando em me divertir com ela foi priceless.

2) Procure adequar o momento à realidade do seu filho

Então, lá estávamos na praia, com um frisbee. Vou confessar que tanto eu quanto ela somos péssimas de coordenação olho mão, a habilidade que permite a gente olhar um alvo, mirar e acertar o objeto no lugar esperado. Pensando bem, talvez fosse melhor ter comprado outra coisa rsrsrs. Mas é que ela queria tanto um frisbee (e eu sabia disso) que eu não resisti! Não precisa ser perfeito para ser divertido.

3) Deixe a criança liderar a brincadeira

Já que o frisbee não é o nosso elemento natural, a Carol resolveu inventar um jeito de deixar a brincadeira mais acessível digamos assim e inventou o Frisbee Árvore. A brincadeira consiste em pegar o frisbee e mirar em uma árvore. Quem consegue acertar a árvore, ganha um ponto e joga de novo. Ganha quem fizer 10 pontos primeiro.

Frisbee Árvore brincadeira inventada pelas crianças - carol jogando o frisbee

Você não tem ideia de quantas partidas a gente jogou! Foi uma maravilha. O tempo todo a gente conversando e rindo, tirando o melhor daquele Tempojunto, mesmo com uma brincadeira que poderia ter virado uma tragédia, diante da nossa falta de habilidade, se tivéssemos levado a sério. O mais legal foi ela lembrar desse momento como algo para contar para a família sobre as férias.

Espero que estas dicas de brincadeiras ajudem no seu dia a dia com seus filhos. E se você gostou e não quer perder nenhuma novidade, faça parte do nosso grupo da newsletter. É gratuito e você recebe nossas atualizações semanalmente em seu e-mail.

+ Nenhum comentário

Deixe seu comentário


E aí, o que você achou?