Livro brincante de André Mancini: as palavras mágicas do Toninho


Não é todo mundo que tem uma história de vida tão linda que pode se transformar em um livro. Ainda mais um livro para crianças que é tão especial como a gente já sabe.

Na série de entrevistas com autores de livros que podemos chamar brincantes, encontramos O Amigo das Palavras, do André Mancini, publicado pela AReditora. A história do menino Toninho, que vivia nas montanhas e não sabia ler nem escrever é uma aventura que pode ser traduzida em várias brincadeiras com as palavras e com a imaginação.

O jogo das pegadas pode ser ambientado no livro, quando Toninho é seguido por vários animais em sua jornada. Também dá para brincar com as mesmas palavras que o menino aprende, criando um jogo da memória: quem consegue encontrar as palavras que Toninho vai aprendendo, tem que formar uma frase que tenha a ver com a história do livro.

De pai para filho

Ainda estudante de design, André aproveitou um trabalho de faculdade para dar vida à história de seu próprio pai (cujo nome era André também e não Antônio), que aprendeu a ler aos 40 anos e faleceu com 44. Mas antes de ser um história triste, O Amigo das Palavras celebra as importantes conquistas e a felicidade que toma conta de quem encontra finalmente as palavras. “Eu pude viver isso, pois acompanhei meu pai nesta jornada”, conta o autor.

O Toninho do livro tem muito do sr. André.  Nasceu em uma família grande: morava com sua mãe e cinco irmãos em uma casa onde a família vivia por gerações. Tudo que dava pra ver dali eram montanhas.

Certo dia, Toninho viu algo diferente voando no céu. De onde estava, não dava pra saber o que era, mas ele viu que o objeto se distanciava nas montanhas. Naquele momento, pensou que existia algum lugar além dali.

Antes mesmo de o sol nascer, Toninho resolveu partir para as montanhas. No início, ele ficou com muito medo do escuro. Mas quando amanheceu ele parou, então, de sentir medo.

O real visto pelos olhos da criança

No processo de criação do livro, André escreveu a história do pai da forma como ela aconteceu. Em seguida, olhou para ela com olhar de criança, com referências de sua infância e foi dando novas formas à realidade.

Formas lúdicas e mágicas, tão presentes no universo infantil. A carroça se transforma em livro mágico. Os animais do sitio em figuras magníficas como o albatroz que consegue levar o menino nas costas.”Sempre enxerguei o mundo de forma lúdica”, explica.

O Amigo das Palavras é um livro cheio de beleza que pode trazer muitos momentos brincantes! Depois conta prá gente o que você achou.

+ Seja o primeiro a comentar

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.