Brincadeiras com a bola de exercício para estimular a coordenação do bebê


Quinzenalmente, às quintas-feiras, eu (a Patcamargo) escrevo sobre brincadeiras que podemos fazer com os bebês, desde o dia em que eles nasceram. Como a Gabi, a filha da Patricia Marinho, já está uma “mocinha” de dois anos, a gente conta aqui as atividades que fizemos com outros fofuchos e fofuchas.

As dicas de brincadeiras de hoje funcionam muito bem para os bebês que já sentam sozinhos, que engatinham ou estão começando a firmar os primeiros passos. E usamos uma bola de exercício, destas muito comuns em academias e aulas de pilates. Eu tenho uma e posso dizer que meus filhos usam mais que eu kkkkk. E não só quando bebês. Até hoje, esta bola foi um ótimo investimento e vivemos brincando de pula-pula, equilibrista e “rolar a bolona”. Mas este é tema para outro post. Aqui vamos falar sobre brincadeiras para estimular a coordenação do bebê.

Apoiar sentado e em pé

A Carolina, esta bebê linda, que brincou junto com a mamãe Cris, logo que viu aquela bolona azul ficou encantada. Então, a primeira brincadeira foi deixá-la sentir a textura da bola. Logo em seguida, ela percebeu que batendo a mãozinha, conseguiria extrair um som bem divertido da bola. Ela ficou encantada com o barulho e ficou um tempão só ali, curtindo bater na bola.

Uma bola de exercício e 5 brincadeiras fantásticas para seu bebê - bebê sentindo a bola

Olha que legal mãe e filha brincando de batuque!

Uma bola de exercício e 5 brincadeiras fantásticas para seu bebê - cris_brincando_bater_com carol

Neste dia, a Carol estava concentradíssima aprendendo o que podia sobre aquele objeto novo na sua vida. Quando ela cansou do batuque, a Cris a incentivou a ficar em pé, se apoiando na bola. Mais outra ótima brincadeira para os bebês que começam a se firmar para andar. Neste caso, é importante segurar a bola, para que a instabilidade dela não seja demais a ponto do bebê não conseguir se apoiar. Se preferir, você pode encostar a bola na parede e segurar seu filho pela cintura, deixando que ele encontre o ponto de equilíbrio na bola, e, ao mesmo tempo, garantindo que ele não caia.

Uma bola de exercício e 5 brincadeiras fantásticas para seu bebê - bebê em pé apoiada na bola

Se o seu filho já sabe andar com mais firmeza, uma outra sugestão é brincar deixando-o rolar a bola, empurrando-a e caminhando com ela. Além de estimular a andar, a bola propicia dois outros aprendizados: equilíbrio e controle de força, tanto para empurrar, quando para segurar a bola, evitando que ela escape da mão.

Uma bola de exercício e 5 brincadeiras fantásticas para seu bebê - bebê em pé apoiada na bola 2

Emoção no pula-pula

Mais uma (a quarta já) brincadeira com a bola de pilates é deitar o seu bebê de bruços sobre a bola e fazer movimentos de vai-vem. Eu já havia falado sobre esta atividade, mas com a Júlia. Olha só.

Novas brincadeiras para ajudar o bebê a ficar de bruços - bebe na bola para equilibro

A Carolina foi mais “radical” e ela ficou em pé na bola, olha que concentração! Primeiro sentada e brincando de pula-pula.

Uma bola de exercício e 5 brincadeiras fantásticas para seu bebê - bebê sentada na bola

Depois, em pé mesmo! A mamãe Cris segurava bem firme, enquanto, com o joelho, pressionava a bola no sofá, para que ela não rolasse. Gente, a Carol ria, depois voltava a se concentrar, daí ria de novo.

Uma bola de exercício e 5 brincadeiras fantásticas para seu bebê - bebê em cima da bola

Da primeira vez, pode ser que seu bebê estranhe a instabilidade da bola. Mas a sensação de insegurança passa à medida em que ele percebe que você não o deixará cair. Eu fiz muito esta brincadeira em casa com os meus filhos. Eles amavam. Opa, amavam, não, amam, porque volta e meia eles me pedem para “fazer pula-pula com a bola de ginástica da mamãe”. E lá vou eu segurar todo mundo para não cair. 😉

Como eu disse no começo deste post, duas vezes por mês trazemos brincadeiras para você fazer com seu bebê aqui no blog. Para não perder nada, que tal fazer parte da nossa lista de envio da Newsletter semanal do Tempojunto? Nossas novidades e atualizações chegam por e-mail e você fica sabendo de tudo o que postamos por aqui.

1 comment

Comente
  1. 1
    Marilia Reginato Gabriel

    Patricia, acho importante você conhecer a abordagem de Emmi Pikler. Ela vai contra essas atividades com argumentos que merecem ser levados em consideração. Não se força os bebês a fazerem movimentos que eles ainda não conquistaram por si mesmo!

+ Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.