Brincar com as crianças é mais fácil do que você imagina


A gente acabou de fazer uma pesquisa com as pessoas cadastradas na lista de email do Tempojunto e descobriu que uma das principais barreiras dos adultos para brincar mais com os filhos é a falta de ideias. Por isso, resolvi fazer um post para contar como brincar com as crianças é mais fácil do que você imagina.

Deixe a criança liderar a brincadeira

As crianças são exploradoras por natureza. O filme “O começo da Vida” fala sobre isso. “As crianças são os melhores cientistas do universo”. Quando elas são pequenas, os objetos não têm um significado preciso. É da interação da criança com os objetos que os significados vão aparecendo. Esse é um dos motivos que torna tão importante deixar as crianças explorarem o mundo.

O mesmo acontece com as brincadeiras. Nós, adultos, tendemos a olhar as brincadeiras como uma atividade fim, em que o importa é chegar no objetivo final. Nada disso. Todo o percurso, desde a montagem da brincadeira, é relevante para o ato de brincar. Quando deixamos a criança liderar a brincadeira, isto fica muito mais claro.

Outro dia, eu e a Carol estávamos em casa e bateu aquele momento tédio. Resolvi pegar uma caixa com jogos de baralho que temos em casa. Imaginei brincar de algum jogo tradicional, tipo mico preto. Carol olhou para mim e falou: “Vamos brincar de algo diferente?”

Daí nasceu o incrível, sensacional, maravilhoso campeonato mundial de… lançamento de cartas.

Olha a Carol pronta para fazer um lançamento perfeito:

Brincar com as crianças é mais fácil do que você imagina - carol jogando as cartas

O jogo consistiu um fazer marcos de distância no chão. Minhas sapatilhas foram usadas para marcar as linhas.

Brincar com as crianças é mais fácil do que você imagina - cartas espalhadas

Cada área do chão ganhou uma pontuação e grande mestre era quem conseguisse fazer a carta bater na porta da sala, coisa que a Carol conseguiu fazer inúmeras vezes (eu não rsrsrsrs)

Brincar com as crianças é mais fácil do que você imagina - cartas na porta

Note que a gente estabeleceu regras de pontuação e criou um campeonato porque está dinâmica torna a brincadeira mais estimulante para crianças mais velhas. E eu e a Carol nos divertimos com isso. Mas não precisa ser assim.

Meu ponto, com este exemplo, é que provavelmente eu jamais teria inventado este jogo. Mas bastou deixar a Carol definir o que ela gostaria de fazer que nos divertimos horrores! O fato de eu não ligar muito para a bagunça que foi ficando, ajuda. No fim das nossas 3 partidas, obviamente, a Carol teve que guardar tudo comigo.

Uma outra coisa que é bom de mostrar com o lançamento de cartas é que todas as brincadeiras, mesmo as que aparentemente são bobas, têm o seu valor. Como quando a Gabi resolveu que enfiar o chaveiro no nariz da Carol era a coisa mais divertida do mundo!

Mais 7 brincadeiras para irmãos de idades diferentes_bobeiras chave

Dicas para brincar com qualidade

No post 5 dicas que facilitam o momento de brincar com os filhos, nós falamos mais sobre esta questão de deixar a criança liderar a brincadeira, e apresentamos outras quatro dicas que os adultos deveriam incorporar para conseguir brincar mais com os filhos (nem que seja por 10 minutinhos).

Sabara_brincar com qualidade

Bom, essa foi a nossa sugestão de atividade de hoje. Espero que você tenha gostado. Se sim, aproveite para se inscrever na nossa lista de email. Você vai receber toda semana nossa newsletter com tudo, tudo que publicamos aqui no blog e ainda algumas informações exclusivas!

+ Seja o primeiro a comentar

Comente

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.