Você no Tempojunto: uma incrível dezena de brincadeiras para crianças até 2 anos


A história de hoje é da Priscila Peres Horta Bezerra, de Patrocínio, Minas Gerais. Nós a convidamos aqui para o Você no Tempojunto porque a gente fala bastante no blog de situações de brincar para pais que tem, em geral, um tempo mais curto com os filhos e que precisam aproveitar cada momento disponível. Mas às vezes acontece também o contrário: famílias em que um membro, seja o pai, a mãe ou os avós, ficam durante um longo período com as crianças.

E ter muito tempo disponível pode ser tão complicado quanto ter pouco. E a Priscila cria uma infinidade de brincadeiras no seu dia a dia. São tantas, mais tantas, que ficou difícil escolher uma só para explicar aqui no post. Mas vamos à Priscila.

familia

A Priscila combinou com o marido que a gravidez viria quando ela pudesse se dedicar 100% aos filhos. Workaholic, trabalhando desde os 17 anos, o momento inicial da vida dela e do casal estava voltado para a construção da carreira profissional (e tudo bem com isso, certo?). Daí chegou a Valentina, quando ela estava com 37 anos.

Comentei com meu marido que gostaria de engravidar quando pudesse ficar só de mamãe por 3 anos pelo menos, porque deixar de trabalhar definitivamente, no meu caso, seria ilusão ;) .

A Valentina fez dois anos e eu farei 40. Para quem tem alguma preocupação com forma física, só agora voltei a malhar e a perder os 10 quilos que ganhei durante a gravidez. Ainda amamento e sou muito feliz com o meu dia a dia com a minha filha. Brincamos o tempo todo e estamos sempre criando coisas novas para fazermos juntas.

Me sugerem diariamente fazer um blog e sempre digo: “Gente, já tem o Tempojunto que brilhantemente sugere tudo isso e eu tardiamente descobri. Corre lá!” (obrigada, Pri!!!)

Bicho Pau e muito mais

No final do post tem muitas ideias de brincadeiras que vocês poderão se inspirar e fazer em casa com seus pequenos. A que a Valentina mais gosta e, por isso, é a escolhida para a Priscila ensinar hoje é o Teatrinho de Bonecos Bicho-Pau. A Patricia Marinho já contou como ela faz para a Gabi (de 3 anos) e com a Carol (de 10 anos), bonecos de palitos de sorvete. A Priscila adaptou e faz com gravetos, os “bichos-pau”.

Voce no Tempojunto - priscila horta - bonecos de palito

Ela mesma explica:

Valentina A-M-A Bicho-pau. Até um ano ela não assistia televisão. Como viajo de avião, era mais simples entretê-la até completar 1 ano e meio, só com os cuidados com o bebê (como amamentar, trocar, colocar para dormir). Mas quando viajamos à Europa com ela (mais de 10 horas de vôo) acabei escolhendo um filme para distraí-la durante o percurso. O único que achei adequado foi Peppa Pig. a personagem não gritava e falava “por favor” e “obrigada”. Ela soltava pipa, ia à livraria, aquários, circo, acampar. Gostei. E coloquei uns no celular para a Valentina acompanhar. Enfim, ela se apaixonou pelo Dinossauro do George (talvez por minhas dramatizações sensoriais com pedras e dinossauros do MOMa de Houston dá época de óleo e Gás kkkk) e pelo Bicho pau!

Virou mania nossa cortar bambuzinho do jardim e fazer bonecos de bicho-pau para o teatrinho de fantoches.Ela ama!

Então, fica a dica da Priscila: galhos se transformam com criatividade em lindos bonecos fantoches! Se você quiser um passo-a-passo, pode ver o post sobre fantoches de palito de picolé e usar a mesma técnica para os “bicho-paus”! ;)

Brincadeiras e muito mais

Priscila e o marido moravam no Rio de Janeiro, Capital, mas decidiram ir para uma casa no interior, em Resende, para que Valentina pudesse ter a experiência de crescer “com pé no chão, rolando na grama, passeando na rua, vendo passarinho, e brincando com folhas do chão’, conta Priscila. Depois, por conta do trabalho do marido, eles foram para Minas Gerais, onde moram atualmente.

Mas se engana quem imagina que Priscila leva uma vida pacata por estar fora de uma metrópole. O dia a dia das duas é repleto de atividades.

Coloquei ela na escola logo depois que fez 2 anos, meio período, vespertino, por alguns motivos. O principal é que Patrocínio não tem área de lazer, praças, parques, shoppings que ela possa correr, como na cidade em que viveu até os 22 meses. Lá diariamente passeávamos por longas ruas sem saída e parques arborizados. Nesta época ela tinha brinquedos de madeira, escorrega sombreado e muita areia. Era ao lado de Penedo, região Serrana do Rio.

Aqui não tem nem shopping! As poucas praças com brinquedos são maltratadas e sem sombra. Como a Valentina é ativa e esperta, decidimos que estava na hora de ter os estímulos e a relação com amigos que uma escola proporciona. Usualmente acordamos por volta das 9h30 (Valentina sempre dormiu mínimo de 10 horas) Após a higiene matinal e o café da manhã, vamos “explorar”.

exploracao_priscila

Caminhamos em volta da casa, em várias direções e levamos nossa cadela junto no passeio. Observamos a natureza e recolhemos materiais para brincarmos depois​. Mostro tudo a ela. Indago, explico, escutamos, invento, improviso e depois faço coisas produto do que recolhemos.

recolhendo

Depois do almoço, Valentina vai à escola, das 13 às 18. Pricila conta que por causa da rotina de brincadeiras em casa, a filha não teve dificuldades de adaptação na escola e o desenvolvimento dela tem sido muito bom, também porque com o brincar, ela aprendeu cores, contagem e outras habilidades que os coleguinhas estava aprendendo. Ela sempre segue as coisas da escola e usa como inspiração nas brincadeiras de casa, como a história dos Três Porquinhos, que a Valentina trabalhou em sala de aula e elas criaram um teatro em casa.

porquinhos

No final do dia, a família janta, passeiam mais uma vez com a cachorra Manchinha e é a hora do banho. “Brincamos mais um pouco, sempre algo mais leve. Teatrinho perto da cabaninha, lual no jardim, leitura e logo depois dormimos, por volta de 22h30”, conta.

cabaninha2

Bastante coisa, não é? Rsrsrsrs. Se você, como a Priscila também passa bastante tempo com seus filhos em casa, pode aproveitar as várias brincadeiras publicadas aqui no blog (comemoramos 1000 posts na quinta-feira, mais de 2000 brincadeiras!), ou receber em seu e-mail semanalmente nossas atualizações, increvendo-se gratuitamente na Newsletter do Tempojunto.

E para servir de inspiração no fim de semana, aqui vão neste Você no Tempojunto, uma incrível dezena de brincadeiras que a Priscila e a Valentina curtem no dia a dia.

tambor

cenario_teatro

jogo_cores

*Todas as fotos deste post são de Arquivo Pessoal

17 Comments

Comente
  1. 1
    Maria José

    É de uma grande alegria e orgulho para mim ver a disponibilidade da minha sobrinha Priscila com sua filha. Como disse a ela : no meu tempo cuidar dos filhos é era uma atitude de amor. Hoje vejo as mães carrancudas como se fossem obrigadas a educar os filhos. Não é uma obrigação é um ato de amor. Fico sim feliz de ter uma sobrinhá tão cuidadosa com a educação da filha. Educar os filhos não é por na escola é muito mais do que isso.

  2. 2
    Gustavo

    Família maravilhosa!! É uma honra ser padrinho de casamento e padrinho desta maravilhosa Valentina! Uma princesa supermeiga e muito inteligente! A Pri é uma supermãe e o Agno um superpai… Irmãos para sempre… Amo a todos demais…

  3. 4
    Erika Murta

    Conheci a Priscila e a linda Valentina, realmente é isso tudo é mais um pouco. Priscila é uma mãe de dar inveja por sua paciência e dedicação 100% à sua princesa. Isto se nota no comportamento amável, educado é carinhoso dá Valentina com tds que convivem ou conviveram com ela. Primeiro,vc é benção amada,bjus no seu coração ❤!

  4. 5
    Nena

    Minha irmã me enche de orgulho. Fico feliz como profissional de educação de ver seu empenho e dedicação. Vc é demais!!! Te amo!!!

  5. 7
    Cristina

    Parabens Priscila !
    Que otimo que temos como acompanhar estas atividades incriveis que vc com mta criatividade e sensibilidade faz com a Valentina . Adorei !!!!!!!!

  6. 8
    Carla

    Priscila, vi você nascer, cuidei um pouco de vc qdo bebê, pude dar 2 priminhos para vc brincar, moramos num ambiente familiar e cheio de inspirações para vcs, que curtiram cada cantinho do nosso condomínio que seu avô tanto lutou para que toda a sua família estivesse juntinho dele, ou seja, debaixo das suas asas. Tudo isto foi vivido com muito amor e união.
    Estou dizendo tudo isto, para te dizer: que alegria e que emoção esta matéria trouxe ao meu coração, por ver o quanto vc adquiriu de sua infância feliz, cheia de amor e educação para que pudesse construir a sua família e trazer para todos nós este exemplo de uma mãe amorosa, dedicada e feliz ! Com certeza a Valentina será no futuro , uma criança feliz, uma jovem de cabeça boa, uma mulher que só distribuirá o amor, a humildade e a solidariedade por onde for.
    Parabens!!!! Vc mereceu está matéria linda.
    Bjos pra vc, Agno e Valentina

  7. 10
    Simone Alemida

    Amei o seu depoimento Priscila, esse tempo tão precioso espero que muitas pessoas possam curtir mais nossos pequeninos com amor, tudo que eles precisa…beijos Familia Linda!!!!

  8. 11
    Roseli Sampaio

    Posso afirmar que ela é isso tudo é muito mais. Tive o privilégio de conviver com ela um tempo, tudo isso é muito empolgante. Ela contagia. Feliz de ver um belo exemplo ser compartilhado. Amo você amiga linda. Muitos beijinhos em você e na doce Valentina.

  9. 12
    Jaqueline Maia

    A Valentina é uma criança abençoada, por ter ao seu lado todos os dias uma família linda, Super pai e Super mãe, carinhosos, dedicados e amorosos, etc…
    Pri, minha querida comadre, obrigada por cuidar com tanto carinho e dedicação da minha afilhadinha que amo tanto!!!
    O futuro dela está sendo construído com todo seu empenho e criatividade, tenho certeza que, com todos esses ensinamentos, ela será um pessoa muito mais preparada para os desafios que a vida trará.
    Continue publicando essas experiências brilhantes para que outras mamães possam seguir seu exemplo.
    Parabéns!!! Amo vocês ❤

  10. 15
    Dalmo Amorim

    Lindas as fotos, bastante ilustrativas do texto, que mostra uma grande alegria de ser mãe, de ser mulher. Não se nota a frustração de uma mulher que não trabalha, senão a certeza de que está fazendo a coisa certa para sua família. Muito bom!

  11. 16
    Gabi

    Amo muito o blog e ainda mais feliz eu fiquei ao ver minha amiga linda aqui! Parabéns a todos os envolvidos! Pri você é uma inspiração, linda e tão competente, criativa, animada e sempre nos trazendo ideias brilhantes!

+ Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.