O bebê chegou e o que você faz agora!


A chegada do bebê é sempre uma emoção em todos os sentidos na família. E entre todos os preparativos com quarto, enxoval, fraldas e as expectativas com relação à saúde, amamentação, cuidados do filho que vai chegar, muitas vezes a brincadeira fica quase no último lugar das prioridades e preocupações. E o bebê chegou.

Entretanto, o direito ao brincar está lado a lado com os direitos à saúde, educação, moradia e alimentação das crianças, desde que ela nasce, segundo o Estatuto de Direitos da Criança, da Unicef. E os especialistas em desenvolvimento infantil também afirmam que a brincadeira precisa estar presente na vida dos bebês, tanto quanto a boa alimentação, a vacinação e os cuidados com a higiene.

Mas nós pais quase não recebemos informação sobre isso e acabamos não planejando as brincadeiras com as quais iremos criar um relacionamento com nosso bebê e ajudar em seu desenvolvimento. E quando o bebê chegou, pode acontecer de não sabermos ao certo o que fazer nos períodos em que ele está acordado.

Aprendendo a brincar

Se você é acostumado com o mundo das brincadeiras, certamente será mais fácil pensar e planejar atividades para seu filho. Caso contrário, separamos várias sugestões de brincadeiras para você aproveitar muito com seu recém-chegado.

Brincadeira de estímulos para o recém-nascido

 

 

5 brincadeiras legais para fazer com seu recém-nascido

 

 

 

Atividades para bebês de 0 a 6 meses #6 – 7 brincadeiras

 

Atividades para bebês de 0 a 6 meses – #9 – Como usar os brinquedos

 

 

 

E mais algumas dicas para você se programar para quando ele estiver maiorzinho

Como ajudar um bebê sentar e levantar

 

 

O bebê já se senta. E agora?

 

Algumas coisas que eu gosto de lembrar quando escrevo sobre brincadeiras com bebês: cada um tem seu tempo. E me refiro a tempo de idade mesmo e ao tempo de curtir cada brincadeira. Cada bebê tem e terá seu tempo de desenvolvimento, então, não o apresse. Faça as brincadeiras de acordo com os movimentos que você observa que ele já faz. E deixe que o tempo de cada brincadeira seja o tempo de interesse dele pela atividade. Em geral, 15 minutos, mas isso não é regra. Não precisa colocar dezenas de brincadeiras num dia só.

E a memória do bebê está em formação nesta fase. Por isso, uma brincadeira que você fez hoje pode ser repetida em dois dias, que será uma novidade para ele novamente. Além do que repetição na rotina ajuda seu filho a entender as coisas, se tranquilizar com o que está acontecendo, no meio de tantas novidades é que viver a vida!

Aproveitando que você está organizando as coisas do bebê, te convido a conhecer nosso e-book Área de Brincar. Nele, damos um passo a passo para você criar uma área de brincadeiras para o bebê na sua casa, seguindo a filosofia Montessoriana e sem gastar rios de dinheiro. Basta acessar o link, o e-book é gratuito.

+ Seja o primeiro a comentar

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.