Pião caseiro que desenha sozinho para brincar com as crianças


Recentemente, eu escrevi um post com dicas de brincadeiras a partir de jornal e um dos brinquedos me chamou a atenção: um pião caseiro que desenha sozinho. Decidi testar formas de criar um mecanismo assim, com o qual eu pudesse brincar com meu filho (aqui é a Patcamargo escrevendo) de 8 anos.

A inspiração foi esta foto aqui:

Mas eu também pesquisei outras formas de criar o pião caseiro. Então, para fazer nosso brinquedo caseiro, separei os seguintes materiais:

Lápis grafite preto

Caneta hidrocor

Tampa de embalagem plástica redonda

Jornal e revistas velhas

Tesoura

Fita adesiva

Papel para desenhar

Paciência na primeira etapa

Em geral, eu monto os brinquedos caseiros quando meus filhos estão em casa e sempre acontece de eles verem o que estou fazendo, se interessarem e construirem junto comigo. Desta vez, eu chamei o Pocoyo para me ajudar desde o princípio.

Pegamos folhas de revista e começamos a dobrá-las em formato de sanfona, deste jeito.

Fizemos bastante e em seguida, cortamos em várias tirinhas de papel.

Aqui vai a primeira dica: se você usar uma folha dupla de jornal para fazer tirinhas mais longas, fica muito mais fácil e rápido fazer o pião com lápis grafite.

O passo seguinte é enrolar as fitinhas no lápis grafite até formar um grande círculo em volta dele. Comece prendendo a ponta da tira de papel com fita adesiva no lápis e comece a enrolar! No começo parece um trabalho interminável, mas com paciência, logo o círculo fica grande o suficiente.

Opção mais rápida

A dica para que o pião funcione é colocar o círculo no terço do lápis próximo à ponta. Ou seja, divida mentalmente o lápis em três partes e enrole as tiras de papel na última parte.

Quanto maior o círculo em torno do lápis, mais seu pião vai rodar e fazer um desenho inusitado no papel.

Como meu filho tem pouca paciência para estes trabalhos manuais e eu já o conheço bem, pesquisei uma versão mais simples e rápida de fazer o pião caseiro.

Esquentando a ponta da tesoura de metal (esta parte eu fiz sozinha. Cuidado e não deixe seus filhos brincarem com fogo), eu fiz um furo bem no centro da tampa de plástico.

O furo precisa ter o diâmetro para passar a caneta hidrocor bem justinha. Passe a caneta e prenda com fita adesiva, também respeitando a regra de deixar a tampa no terço final da canetinha.

Imaginar novos desenhos

Agora, é só girar o pião e observar os desenhos que ele vai fazer no papel. A gente brincou bastante e até tentamos fazer com que os movimentos do pião seguissem uma determinada ideia de rabiscos. Mas qual! Ele sempre ia para outra direção.

Então, a diversão mesmo foi observar e nos encantarmos com os desenhos no papel!

Tem até vídeo!

Ah! Uma última dica: use um papel grande de desenho, porque o pião gira mesmo para todo lado e nem sempre fica no espaço de uma folha sulfite normal 😉

Talvez você não saiba, mas é muito importante manter o vínculo com seus filhos na chamada Segunda Infância, depois dos 7 anos. É uma fase incrível em que eles vão nos mostrando seus gostos, suas opiniões, seu caráter. Por isso, não deixe de brincar e ter momentos de tempo junto com eles. Aqui no blog, semanalmente tem sugestões para você e seus filhos. Não perca! E se você se inscrever na nossa Newsletter, estas dicas chegarão gratuitamente no seu e-mail. É só clicar aqui.

2 Comments

Comente

+ Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.