Brinquedoteca em casa: tour no cantinho de brincar da Gabi


A casa onde moramos é um ambiente super importante para o desenvolvimento das crianças. Afinal, é o primeiro espaço onde ela brinca e aprende a explorar o mundo. Eu fiz da minha casa um ambiente super brincante e me dei conta de que nunca vim mostrar a minha Brinquedoteca Em Casa aqui no site.

Vamos mudar isso já! Neste texto você vai encontrar um tour pelas áreas de brincar da minha casa. Você vai conhecer algumas dicas importantes para criar e copiar na sua casa.

Se você gostar do conteúdo, pode aprender ainda mais assistindo ao minicurso gratuito “30 maneiras de organizar brinquedos” .

Deixa eu começar me corrigindo. Na verdade, eu cheguei a publicar conteúdo sobre esse assunto quando a Gabi era bebê. Foi uma série de posts que chamei de Playground da Gabi! Trata-se de uma área de brincar portátil, super funcional que eu transportava pela casa. O conteúdo ficou tão completinho que até rendeu um e-book gratuito: Como montar uma área de brincar para um bebê.

Mas, depois que a Gabi cresceu, muitas mudanças aconteceram e eu não atualizei vocês. A ideia vai ser mostrar os dois principais ambientes da casa que tiveram a decoração alterada para atender às necessidade de crianças a partir de 2 anos: o quarto e a varanda.

O que é uma brinquedoteca?

Neste artigo da Universidade Federal do Ceará eu encontrei uma definição bem bacana:

A brinquedoteca é um espaço preparado para estimular a criança a brincar, possibilitando o acesso a uma grande variedade de brinquedos, dentro de um ambiente apropriado e especialmente lúdico. É um lugar onde tudo convida a explorar, a sentir, a experimentar e a fantasiar

Falar em brinquedoteca em casa é pensar na forma como você organiza os espaços de brincar em casa. E também ao pensamento por trás da escolha dos brinquedos.

Mas atenção! Isso não significa, necessariamente, ter um quarto de brincar.  Morar em uma casa grande suficiente para isso é um privilégio para poucos. Uma prateleira com os brinquedos e estímulos adequados já configura uma mini brinquedoteca. Desde que você tenha a consciência de montar a prateleira com os brinquedos adequados para a faixa etária do seu filho.

Se você quiser saber mais sobre os brinquedos recomendados para cada faixa etária, pode clicar aqui. Você vai receber um material gratuito bem completinho com dicas ótimas.

Aliás, ter uma brinquedoteca em casa não significa limitar a atuação da criança a este cantinho. Nós entrevistamos a Nylse Helena, pedagoga responsável por cunhar o termo brinquedoteca e uma das pioneiras do assunto no Brasil. Ela fala o seguinte:

As crianças nasceram para explorar e precisam ter liberdade para usar a casa. Assim elas alimentam a curiosidade e aprendem a partir da exploração. É por isso que todo mundo que tem filhos deveria entender o que é uma Casa Brincante.

Você tem uma Casa Brincante?

“Casa Brincante” é um termo que a gente criou aqui no Tempojunto . Ele serve para designar os lares que são ambientes preparados para o desenvolvimento integral das crianças.

Esse conceito de Ambiente Preparado vem da filosofia Montessori. Ele reflete a ideia de termos espaços que são pensados para dar autonomia e segurança para a criança brincar sozinha.

Um exemplo disso, são as prateleiras baixas, onde livros e brinquedos ficam ao alcance das mãos das crianças. Veja o exemplo do quarto da Gabi.

Outra característica é ser um lugar que inspire a imaginação e permita fazer várias coisas. A cama de casinha que tem no quarto da Gabi é um exemplo que reúne tanto a autonomia, quanto o brincar de faz de conta.

Como você pode ver, fiz do quarto da Gabi um ambiente multifuncional, 100% adequado para crianças pequenas. Mas o  tour pelos cantinhos de brincar da Gabi não acaba aqui. Nossa brinquedoteca em casa se complementa com um espaço de criatividade na varanda.

O Cantinho de Criatividade da Gabi

Eu estava grávida da Carol quando me mudei para o apartamento em que moro hoje. Por conta disso, tudo foi pensado para ser acolhedor, mas em tirar o protagonismo das crianças. É por isso que parte da varanda virou um cantinho de brincar. Primeiro foi da Carol e agora é da Gabi.

Tem a mesa baixa, as prateleiras e as gavetas para ajudar na organização.

Aliás, as caixas organizadoras são uma ótima dica para guardar brinquedos!

Todas as gavetas são recheadas de materiais para estimular a criatividade da Gabi. Ela faz artes, cria os próprios brinquedos e depois brinca com autonomia.

Outro destaque é o armário de materiais! Os amigos das minhas filhas falam que nossa casa parece uma oficina de artes! Ter materiais interessantes é uma fundamental para incentivar os filhos a sair das telas e criar.

Se quiser saber o que tem nesse armário, leia o post Vamos incrementar o armário de materiais? Quem acompanha o Tempojunto vê os materiais sendo usados o tempo todo por aqui.

E quem mora em apartamentos pequenos

Você pode estar pensando: fazer ambientes assim é fácil para quem mora em casas ou apartamentos grandes. Ou para quem  tem dinheiro para a decoração. E quando se mora em apartamentos pequenos?

Como eu falei no início do post, a gente tem um minicurso gratuito com 30 maneiras de organizar os brinquedos. O curso é online e com ele você aprende a adaptar os princípios do Ambiente Preparado. Funciona para os espaços, incluindo apartamentos pequenos.

Vai lá, assiste à aula e depois volta aqui para comentar caso fique com alguma dúvida!

+ Seja o primeiro a comentar

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.