Dica de leitura – Suriléia Mãe Monstrinha


Todo mundo aqui em casa gosta de ler. Eu, meu marido, Carol, e se tudo der certo, a Gabi também vai gostar, por influência. Eu acredito que o hábito da leitura se cria em casa e por isso, parte do meu tempo com as filhas é dedicado a formação desse hábito. Ir à livraria, por exemplo, é um dos nossos programas preferidos.

Quem já acompanha este blog a mais tempo sabe que uma das proposta do tempojunto é ajudar a formar leitores e por isso, de tempos em tempos vou postar dicas de livros interessantes para que você possa montar a biblioteca dos seus filhos.

Meu primeiro post sobre isso foi sobre a Arca de Noé, de Vinícius de Moraes, dica da Ana Flavia Andreoli, que também já indicou “O Colecionador de Segredos”. Hoje, tenho uma recomendação que veio de um perfil bem bacana do instagram, o @basescognitivas. Este perfil, cujo foco são posts sobre Educação e Psicologia, é escrito pela Alena Nobre e Luciana Hodges, ambas doutoras em Psicologia Cognitiva. Todas as sextas elas publicam o  #sextaliterária e eu trago uma dessas sugestões para você. Eu adorei a resenha que elas escreveram para justificar as recomendação, por isso reproduzo aqui as palavras do @basescognitivas:

 

“Se você tem 2 ou mais filhos, com certeza vai em algum momento se identificar com a Suriléia. O livro trata do tema ciúmes entre irmãos e disputa pela atenção da mãe (o que é esperado e mesmo saudável na infância). Descobrir personagens que possuem sentimentos e atitudes parecidos com os seus permite que a criança os perceba com mais naturalidade e tranquilidade, o que é um passo importante para que se sinta segura em buscar soluções mais satisfatórias para seus conflitos com os irmãos (assim como acontece no desfecho da história). É importante que as crianças tenham oportunidades de desenvolver e experimentar suas próprias formas de resolução de problemas, negociando entre si limites e possibilidades. Como bônus, ganharão mais autonomia e confiança, e em vez de seguir uma solução imposta terão o prazer de descobrir o que funciona para elas. Depois conta pra gente o que vc e as crianças acharam do livro, tá? A gente vai adorar saber.”

Gostou das nossas dicas? Aqui no Tempojunto, temos dicas de brincadeiras todos os dias e para todas as idades. Se você quiser, para não perder nossas novidades, inscreva-se na nossa newsletter e toda semana você receberá nosso e-mail cheio de dicas.

+ Seja o primeiro a comentar

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.