Como aproveitar a rotina da casa para brincar com o seu bebê


Ter um bebê em casa é sinônimo muitas vezes de ter a rotina doméstica revirada. Eu sei bem. Tive 3 bebês em casa (aqui é a Patcamargo) num curto espaço de tempo. Mas você pode aproveitar a rotina da casa para brincar com seu filho.

Mas uma coisa que eu testei com o primeiro filho, funcionou com as outras duas e anos depois eu estudei que é mesmo uma brincadeira importante é usar a casa e as atividades da casa como momento de brincadeira e descoberta dos bebês.

Uma das coisas que eu fazia com cada um dos meus filhos separadamente, logo nas primeiras horas com eles de manhã, era passear pela casa, com eles no colo. Eu andava e mostrava os quadros da parede, as chaves penduradas (e fazia o barulho, como ensinei neste post aqui), o vidro da janela, o tapete. Falava sobre o cheiro do banheiro, da cozinha. Apontava a luz do lustre e do abajour.

Como aproveitar a rotina da casa para brincar com o seu bebê - mariana e pietro regando as flores

Esta brincadeira durava pelo menos 30 minutos e todos os três ficavam muito entretidos. No dia seguinte, eu começava tudo novamente. Só depois de estar no Tempojunto é que tive acesso a estudos que comprovam que brincar desta forma com os bebês é ótimo para o desenvolvimento da comunicação, da linguagem, da organização espacial e da sensação de segurança e conforto em casa.

Você viu a foto do Pietro, com a mãe dele, a Mariana, observando o regar das plantas? Pois é. Conforme os bebês crescem e deixam de ser recém-nascidos, você pode continuar com a brincadeira de “atividades da casa” e deixar que seu filho te acompanhe observando as tarefas mais simples, como regar as plantas, lavar a louça, guardar a roupa. O segredo é convidar seu bebê a fazer parte deste processo, em lugar de tentar encontrar um “lugar seguro” para ele ficar, enquanto você cumpre as atividades.

Como aproveitar a rotina da casa para brincar com o seu bebê - mariana e pietro pulando nas almofadas

Sentir-se parte da família

É claro que algumas vezes, seu bebê pode perder o interesse pela atividade e sair buscando outras coisas pela casa, como andar sobre as almofadas. Tudo bem, faz parte. Não espere que a atenção de uma criança antes dos 2 anos se prenda por mais de 15 minutos em alguma coisa. Mas aqui, a sugestão de mostrar e conversar com o bebê sobre a casa e as atividades é para que ele se sinta parte da família e do lugar onde está.

Outra coisa que eu fazia com meus filhos bebês e eles curtem até hoje é abrir caixas, ou “encomendas” como eles dizem. Cada vez que chega uma caixa aqui em casa é uma euforia para abrir, mesmo que seja algo simples, como a revista da semana. E eles passaram, agora maiores, a brincar de “encomenda”. Volta e meia, eles pegam as caixas de papelão vazias que tenho por aqui e um cria encomendas para os outros, recheando a caixa com algo que eles gostem.

Como aproveitar a rotina da casa para brincar com o seu bebê - mariana e pietro brincando com a caixa

Muitas vezes também, eles mesmos entram na caixa e se transformam em uma encomenda para mim ou meu marido. Ora eles são cachorrinhos, gatinhos que vieram de encomenda, ora são filhos mesmo, que chegaram de surpresa na encomenda!

Eu vou publicar ainda várias atividades para ajudar no desenvolvimento do bebê. Se você não quer perder nada, que tal fazer parte da nossa lista de envio de e-mails? A Newsletter Tempojunto é semanal, gratuita e traz todos os posts que fizemos.

2 Comentários

Deixe sua opinião

+ Deixe seu comentário