Como aproveitar o espaço disponível para brincar


Tem alguns momentos em que a brincadeira surge espontaneamente, sem que a gente precise explicar ou incentivar. Eu (a Patcamargo) sou mega fã destes momentos e agora que as crianças estão maiores (entre 5 e 7 anos), estes brincares livres estão muito presentes. E às vezes o gatilho para a imaginação deles aflorar é um lugar, um espaço diferente.

Quando digo isso me refiro a aproveitar o espaço disponível para brincar de formas diferentes. Já falamos, por exemplo, de usar o box do banheiro inúmeras vezes, seja com uma brincadeira de espuma, ou com uma pintura na parede. A Patricia Marinho também já deu dicas de brincar em espaço pequenos.

Mas além, disso, às vezes basta um olhar diferente e trabalhar uma certa liberdade que as crianças saberão usar bem o espaço que tiverem. Aliás, é a especialista em brincadeiras e brincar livre, a documentarista Renata Meirelles que afirma ser o tempo e não o espaço o mais determinante para a boa brincadeira. “A criança consegue trabalhar bem no espaço que tem disponível, se tiver tempo”, explica em uma entrevista super legal, que eu recomendo.

O guarda-roupa, por exemplo, pode ser um excelente esconderijo por um dia. E que tal desenhar ou escrever uma mensagem no tampo embaixo da mesa? Pode ser num papel colado no tampo também.

Quando estou com as crianças, eu aproveito para estimulá-los a aproveitarem os espaços em que estamos. Outro dia, qual não foi minha surpresa, quando o Pocoyo me pediu para escalar como um aventureiro. Acontece que onde moro uma parte de um pequeno morro foi desmatado para uma futura construção, deixando somente uma “montanhinha de terra”. Bom, eu o deixei explorar. “Sente só” a cara de pimpão do garoto.

Uma brincadeira de exploração a la Indiana Jones_henrique-no-barranco

Sujeira a gente limpa

Daí que a brincadeira tomou forma e ele começou a narrar as grandes aventuras que estava passando, as dificuldades de escalar a montanha, imaginando grandes pedras rolando pelo caminho e ia subindo, subindo.

Uma brincadeira de exploração a la Indiana Jones_Henrique-escalando

E escorregava lá do alto.

Uma brincadeira de exploração a la Indiana Jones_Henrique-e-potcho-no-barranco

Se você observar no alto desta foto, vai ver a Potcho que, claro, aventureira como ela sempre é, resolveu juntar-se ao irmão na escalada. Olha ela aqui se virando para conseguir subir e se equilibrar.

Uma brincadeira de exploração a la Indiana Jones_Potcho-escalando-o-barranco

Eu não resisti e filmei só para você perceber o clima saudável e divertido que estava a brincadeira.

Sujou? Claro! A blusa, o shorts, a sandália, o pé, a mão e tudo o mais que eles tinham direito. Mas, um banhão e uma máquina de lavar roupa deram um jeito. Em troca, nós ganhamos uma brincadeira livre, diversão, imaginação, coordenação motora grossa, equilíbrio, força de braços e pernas e uma satisfação pela conquista da escalada que não tem preço.

Por que você não volta e nos acompanha outras vezes? A cada 15 dias, sempre às quintas-feiras tem dica aqui de brincadeiras ao ar livre para você aproveitar com seus filhos os espaços da sua cidade, do seu bairro ou de outros bairros. Fazendo parte da nossa lista da newsletter Tempounto você recebe no seu e-mail, uma vez na semana, todas as nossas novidades e os posts que publicamos aqui. É gratuito.

+ Seja o primeiro a comentar

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.