A matemática nas brincadeiras de todo dia


Você já procurou para encontrar a matemática nas brincadeiras? Se sim, deve ter reparado que a matemática está presente o tempo todo! Brincando as crianças contam e dividem materiais, comparam tamanhos de conjuntos, constróem padrões… tudo isso é matemática. Ou seja, as crianças desenvolvem habilidades matemáticas mesmo quando não estão fazendo isso de propósito.

A construção de uma casa para o grilo Francesco

Outro dia eu estava passando uns dias na casa da minha mãe, quando percebi que a Gabi já estava há um tempão brincando no quintal com o caseiro da casa (aliás, como é maravilhoso ter uma avó com quintal grande!). Curiosa, fui ver o que eles estavam fazendo e olha o que eu descobri.

Primeiro eles tinham encontrado um grilo no jardim. Para uma criança típica de cidade como a minha filha, aquilo por si só já era uma descoberta. Tanto que o grilo virou amigo e até ganhou nome: Francesco.

Segundo o Luiz Geraldo, o caseiro, a Gabi viu o grilo sozinho, olhou para as pedras e disse: precisamos fazer uma casa para o grilo! Não preciso nem comentar que morro de orgulho de ver uma criança querendo fazer uma cidade de pedras para um grilo.

Olha só o que a Gabi preparou, com pouca ajuda do Luiz:

Sim, uma casa! E ainda por cima cheia de padrões matemáticos embutidos nela! Cada quadrado era um ambiente e em cada cômodo tem uma ou duas bolinhas de comidinha.

Sente o entusiasmo da criança me explicando tudo o que tinha feito:

Detalhe para a rolha em um dos “ambientes”.

– Ué, mamãe, a rolha é a cama do Francesco. É lógico que os grilos precisam de lugares altos para dormir!

Ao que a mãe responde:
– É lógico, minha filha, não sei como não percebi isso antes.

É claro que a Gabi ainda não tem consciência da presença da matemática na brincadeira. Mas tenho certeza de que experiências como essa são muito importantes para ela aprender naturalmente os fundamentos da disciplina e pode lidar com a matemática de maneira mais formal quando entrar no ensino fundamental.

Eu vou publicar ainda várias atividades que ajudam a estimular o desenvolvimento cognitivo das crianças de forma natural. Se você não quer perder nada, que tal fazer parte da nossa lista de envio de e-mails? A Newsletter Tempojunto é semanal, gratuita e traz todos os posts que fizemos.

 

2 Comments

Comente
  1. 1
    Dulcineia Dias

    Estava justamente procurando isso, quero ensinar matemática sem criar fantasmas em torno dela. Matemática pode ser simples é fácil para todos. Obrigada por compartilhar sua experiência.

    • 2
      tempojunto

      Dulcineia. obrigada pelo seu comentário! Você tem razão, Matemática pode ser ensinada de uma maneira muito interessante :)

+ Leave a Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.