Brincadeiras para organizar a rotina da criança dentro do espectro autista


A Coluna Brincar Exige Conexão deste mês, Michelle Costa, especialista em desenvolvimento infantil e neuropsicologia, fala de algo que nos aflige: como organizar uma rotina funcional para as crianças. Algo que realmente funcione no dia a dia e que viabilize o desenvolvimento natural das crianças dentro do espectro autista.

Leia, está ótima!

Materiais comuns

“Às vezes o brincadeira tá na tampa de panela, mas a gente fica querendo estruturar tanto o brincar, que perde oportunidades no dia a dia.

Com a rotina das crianças ficando mais tempo em casa, tivemos que pensar em mil estratégias para entreter e estimular os pequenos.

Mas olha só. Pode ter brincar em atividades simples do dia e que estimulam diversas habilidades, principalmente para as crianças dentro do espectro autista, que muitas vezes têm dificuldade em flexibilizar a rotina.

Vamos pensar em algumas?

Organizar a rotina juntos

Na hora do banho podemos usar tintas aquareláveis para pintar os azulejos. É possível também colocar bacias com água e sabão e dar banho nos bonecos preferidos. Dá pra cantar no chuveiro e fazer bolhas de sabão.

Nos momentos de refeição podemos arrumar a mesa juntos. A criança pode colocar o “jogo americano” ou os copos (podemos usar de plástico para essa ocasião) e até servir o suco.

Então, é possível contar quantas uvas tem em um pote e transportar a quantidade, uma por uma, de um recipiente para o outro.

Podemos furar o bolo com palitinhos e até cantar parabéns para o amigo Dino.

Enquanto a gente faz a comida de verdade, a criança pode fazer uma de mentirinha. Use massinha, folhas, grãos, talheres, panelinhas e a imaginação.

Brincadeira na organização

Na hora de dormir tem livrinhos, histórias da sua vida e muita interação.

Pode até montar um acampamento, com cabaninha almofadas e momentos de muita conexão. Músicas de relaxar geralmente acalmam, massagem e toques nos dedinhos dos pés confortam.

Nos momentos de organização da casa, pode ter brincar na hora de prender algumas peças de roupa no varal ou apenas tirar os pregadores e colocar na cestinha.

Além disso, dá pra regar plantinhas, dar comida de algum bichinho, organizar os potes no armário, colocar roupas no guarda-roupa, limpar os brinquedos com lenço umedecido (essa eles amam) e guardar também.

E as crianças amam autonomia e a sensação de poder ajudar. Quanto mais a gente inclui ela em atividades simples do dia a dia, mais ela estará conectada a nós e desenvolverá habilidades sociais, de atenção, linguagem, percepção e motricidade.

Aposte na rotina e BRINCAÍ!

*Michelle Costa
@michelleterapiadecrianca
Psicopedagoga
Esp. Neuropsicologia

+ Seja o primeiro a comentar

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.