Teste seus hábitos: você consegue escutar seu filho?


Hoje eu trouxe um tema diferente aqui para o blog. Um teste. Será que você consegue escutar seu filho no dia a dia de vocês?

Pode parecer estranho, mas a verdade é que os adultos têm o mau costume de falar muito mais com os filhos do que dar oportunidade para eles falarem.

E isso gera um desequilíbrio na relação entre a família e os filhos.

Claro que bebês não falam. Mas eles também se comunicam. Aliás, costumam se esforçar muito para que os adultos os entendam. Entretanto, escutar seu filho quando ele é bebê é uma tarefa ainda mais difícil.

Escutar seu filho é uma das chaves para o bom relacionamento

Ninguém gosta de só ouvir a opinião, a ordem, o grito do outro. Todos queremos ter também o direito de nos expressar. Com os filhos acontece o mesmo.

Ao darmos espaço para que eles também se comuniquem, mostramos respeito e amor pelo que eles são e pelos sentimentos que eles têm.

Bóra, então, para o teste?

Pergunta 1: Qual foi a última história que seu filho contou para você?

A: Foi sobre a escola, agora a pouco. Quer que eu te conte?

B: Foi um sonho, acho que hoje cedo ou ontem. Mas não lembro bem o que ele disse

C: Faz tempo que ele não conta uma história

D: Eu sei que ele me contou, mas sinceramente não lembro agora.

Pergunta 2: Qual foi a última conversa que você teve com seu filho?

A: Eu falei com ele sobre a nota da prova

B: Eu disse para ele guardar as coisas

C: Eu mandei ele sair do celular

D: Eu pedi para ele comer o que estava no prato

(Só você falou, né?)

Pergunta 3: Você sabe dizer os nomes de 5 amigos da escola do seu filho?

A: Ele perdeu o contato com os amigos por conta das aulas online

B: Sei dizer de 10 amigos ou mais

C: Eu acho que sim, mas preciso conferir

D: Meu filho nunca fala o nome dos amigos

Pergunta 4: Quantas vezes por dia você deixa seu filho começar a conversa entre vocês?

A: Só quando ele vem pedir alguma coisa

B: Muitas vezes, ele fala o tempo todo

C: Algumas vezes. Em geral, eu começo falando e deixo ele falar depois

D: Nunca. Sou sempre eu que falo primeiro

Escutar seu filho é uma forma de dizer: eu me importo

Pergunta 5: Qual foi a última coisa que seu filho contou para você?

A: O presente que ele quer ganhar

B: Nossa, tanta coisa que ele fala, que eu não lembro

C: Ele geralmente não conta nada de importante

D: Foi sobre ___(que bom se você tiver ao menos uma coisa para escrever aqui)

Então, vamos às respostas.

Veja quantos pontos você fez e saiba se você escuta seu filho.

Só que não.

Gente, este tipo de teste aqui não é avaliação de escola, que você tem uma nota. Nem é se você respondeu mais letras A você está bem e se respondeu mais letras D está mal.

Aliás, se você voltar nas alternativas, vai perceber que elas estão misturadas nas letras e algumas tem respostas muito parecidas.

Meu objetivo aqui foi trazer estas questões e as alternativas mais comuns que ouvimos das famílias para termos (todos nós) uma chance de pensar no assunto e fazermos uma auto-avaliação.

O quanto a gente ouve nosso filho no dia a dia. Mas ouve prestando atenção no que ele quer dizer? E quantas vezes só nós falamos, falamos e não deixamos nossos filhos falarem?

Se você refletiu e quer saber como contornar isso, a gente deixou aqui um arquivo com perguntas que você pode fazer para começar uma conversa com seu filho.

+ Seja o primeiro a comentar

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.