Por que brincar livre é importante para as crianças pequenas?


Por que brincar livre é importante para as crianças, em especial na Primeira Infância, período que vai da gestação aos 6 anos? Porque é nessa fase da vida que se forma a arquitetura cerebral, ou seja a definição do alicerce que vai nortear o desenvolvimento físico, cognitivo, social e emocional da criança ao longo de toda a sua vida.

Os adultos mais criativos, sadios e capazes de se desenvolver no mercado de trabalho são os que tiveram as melhores experiências quando eram crianças. E sabe o que tem de mais positivo na vida da criança pequena para proporcionar estas experiências? O afeto dos adultos cuidadores e as brincadeiras para instigar a vontade de descobrir coisas novas.

Vários motivos para brincar

Todos os meses publicamos pelo menos uma entrevista sobre a importância do brincar. Tem opiniões de pediatras, pedagogos, psicólogos, músicos e outros especialistas em desenvolvimento infantil, como profissionais do Instituto Alana e da Unicef. Um bom lugar para começar é no post Especialistas explicam porque brincar é coisa séria, um resumão de algumas dessas entrevistas.

Hoje quero fazer uma coisa um pouco diferente. Não vou dar as justificativas dos especialistas. Escrevo como mãe de uma menina de 2 anos e 8 meses e que tem o brincar livre como parte da sua rotina. E vou começar falando do ponto de vista do adulto cuidador: como a gente aprende quando deixa a criança brincar livremente e dirigir a brincadeira!

Aprende sobre a própria criança, que se revela através das brincadeiras, e a ver o mundo com outros olhos. A forma como as crianças lidam com os mais diferentes objetos e situações nos fazem rever as nossas prioridades. Outro dia, por exemplo, a Gabi me pediu para comprar um brinquedo e eu optei por fazer com papelão aquele objeto que ela pediu para eu comprar. Ela ficou tão, mas tão encantada com o que eu fiz que fiquei até emocionada (contarei tudo em outro post em breve). E eu nem precisei ir para uma loja comprar um objeto para fazê-la feliz.

Patrícia Garcia_facebook

Falando sobre o ponto de vista da criança, é nítido como ela consegue descobrir (e explorar) novas possibilidades se damos para elas o tempo, o espaço e os objetos de brincar. Desde pequena observo como a Gabi gosta de viver este momentos e não me deixo nunca de me surpreender com as associações que ela faz. Não tem tédio e nem submissão às telas nessas horas.

Quando ela era menor, fiz os posts O brincar livre de um bebê e outro Como criar brincadeiras para bebês com materiais simples. Em ambos ela já me surpreendia com a capacidade de dar novos usos para os objetos disponíveis. E de se entreter por um bom tempo no seu próprio universo.

Como criar brincadeiras para bebês com materiais simples - gabi vira a caixa com post it

Ela foi crescendo e como o “brincar de imaginar” ela demonstra claramente o que apreende da sua relação com os cuidadores e com a sua rotina. O dia em que ela disse para a boneca que ela não precisava chorar e cantou a mesma música (inventada por mim) que eu canto para ela se acalmar, foi o ápice! Assim como  quando ela repetiu com a boneca a atividade que eu tinha proposto para ela, como contei no post Jogo de movimento para crianças pequenas.

Jogo de movimento para crianças pequenas - Gabi e Mônica patinadora

Olha só mais alguns exemplos:

A massinha na ponta dos dedos dá vida a bonecos de dedinhos, que ganham até música inventada pela Gabi.

Brincar livre - gabi com massinha

Ou quando os livrinhos viram “a maior torre do mundo, mamãe”

Brincar livre - gabi fazendo torre

A caixa de papelão vira qualquer coisa que ela queira (e a irmã vai junto!)

Brincar livre- gabi na caixa

Qual é a conclusão disso tudo? Aqui em casa o brincar livre permitiu que a Gabi tivesse um vocabulário amplo, soubesse se comportar socialmente e expressasse de forma clara, tudo o que ela tem aprendido sobre como se relacionar com o mundo e com as pessoas.

Eu vou publicar ainda várias atividades para ajudar no desenvolvimento das crianças pequenas. Se você não quer perder nada, que tal fazer parte da nossa lista de envio de e-mails? A Newsletter Tempojunto é semanal, gratuita e traz todos os posts que fizemos.

2 Comments

Comente

+ Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.