25 brincadeiras de aprender palavras novas


By patcamargo

Tem coincidências que são incríveis. Já tem um tempão que a Djane escreveu para a gente perguntando sobre brincadeiras que podemos fazer para ajudar as crianças nas etapas de vocalização, fonemas e aprendizagem das primeiras letras. E eu agendei naquela época para falar sobre isso agora, especialmente porque meus filhos, o Pocoyo, com 6 anos, e a Cururuca, com 4, estariam bem nesta fase.

De lá prá cá, fiz várias brincadeiras de aprender palavras novas e também lembrei de outras brincadeiras da época em que eles estavam aprendendo a formar fonemas e frases. E não é que a Revista Crescer conversou com a gente justamente sobre este assunto na semana passada. Que coisa, né?

Eu acredito que a brincadeira possa ser um instrumento de aprendizagem. Com uma atividade lúdica, a criança está em seu ambiente e absorve melhor tudo o que é proposto. Quando os pais brincam com os filhos e se preocupam em trazer novas palavras, só a conversa em uma brincadeira de imaginação, por exemplo, já é importante para a fixação de um vocabulário mais rico.

Brincar de leitura estimula o gosto pelos livros - interpretação da leitura

Mas vamos antes esclarecer: brincar não é para ter um resultado, ok? Brincar é para brincar! Algumas brincadeiras ajudam, aproximam, ensinam e você pode aproveitar este caminho, mas sem pressão, sem esperar alguma coisa.

Isto posto, aqui em casa eu falo muito com as crianças. E leio também, desde bebês. Como a gente troca bastante os livros, sempre tem uma história diferente com palavras novas para aprender. Mas tem mais brincadeiras que você pode fazer. Para facilitar, eu separei por etapa do desenvolvimento.

Ao aprender o som das palavras

Nessa fase, tudo em relação à linguagem ainda é novidade. Contar histórias, portanto, é uma boa maneira de aumentar o vocabulário do seu filho. Com disso, eles também passam a conhecer o ritmo de alguns sons mais comuns.

Cantar é outra forma incrível de ajudar no desenvolvimento da linguagem. Antes mesmo de falar, os bebês já conseguem reproduzir os sons de uma canção por causa da musicalidade. Em casa, nós cantamos para as crianças desde o nascimento e continuamos cantando até hoje, sempre apresentando uma música nova.

Como eu e meu marido tocamos instrumentos, talvez fique mais fácil, mas mesmo que os adultos da família não sejam músicos ou se achem desafinados (o que eu duvido), cantar e fazer atividades e brincadeiras musicais é muito importante para o desenvolvimento da capacidade de ouvir (ouvir é fundamental antes de falar), reproduzir sons e fonemas e, posteriormente, palavras e frases.

brincar com seu filho para aprender novas palavras - sofia falando

brincar com seu filho para aprender novas palavras - henrique fazendo bico

Estas fotos acima são da Cururuca e do Pocoyo fazendo a brincadeira dos sons. Eles imitam um som que estejam escutando, como uma buzina, pássaros, carros. E o adulto precisa adivinhar que som é. Se você está num lugar com poucos barulhos do ambiente, eles podem imitar algum som que já ouviram antes (zumbido, ronco, trem) e você adivinha. Depois, invertem-se os papéis de quem faz e quem descobre.

Antes desta brincadeira, se seu filho é ainda menor, você pode brincar de imitar os sons. Você faz um som e a criança precisa imitá-lo. Quanto mais complexo o som, melhor a ajuda no desenvolvimento dos músculos da boca e da língua para no futuro, elas falarem “trinta”, “patricia” ou “xinxim de galinha” mais facilmente.

Outra variável é repetir as palavras. A criança fala uma palavra e o adulto repete (sem usar o tatibitati, ou falando a palavra errada. Repita corretamente, mesmo que seu filho não consiga ainda). Em seguida, trocam-se os papéis. Neste momento, aproveite para dizer algo novo. Se possível mostre o que é. Mas evite interromper a brincadeira para explicar cada novidade. A ideia aqui é brincar com o som, mais do que com o significado das coisas.

Outra brincadeira simples e que funciona muito é convidar seu filho a pensar em diferentes palavras que comecem com a mesma sílaba (PA-to, PA-nela e PA-rede, por exemplo).

A Patricia Marinho brinca com a Gabriela, que tem 1 ano e 9 meses, de completar as palavras. “Gabi vai CO…” “…MER”, ela responde. “No prato tem uma BA…” “…NANA!”. “Nós vamos BRIN…” “…CAR!”. É uma graça de ver.

Ao reconhecer as primeiras letras ou sílabas escritas

As crianças dessa etapa já conseguem participar de jogos. Então, que tal imprimir diversas figuras e suas respectivas primeiras sílabas em cartões, misturar, e pedir que o pequeno as organize, formando os pares corretos?

Eu brinco muito com os três com este tipo de quebra-cabeça que tem a figura, a letra que começa (poderia ser a sílaba) e a palavra completa. Como cada grupo tem uma cor diferente, é mais fácil para elas fazerem as primeiras relações entre Letra-Figura-Palavra.

brincar com seu filho para aprender novas palavras - sofia brincando 1

As poucos, eles já reconhecem direto todas as peças, mesmo que ainda não saibam ler.

A mímica é uma daquelas brincadeiras TOP 10 em casa. Sempre anima todo mundo. E quando a criança precisa pensar na palavra para expressá-la em gestos é mais uma forma de fixar seu significado numa diversão. Com 2 anos meus filhos já faziam mímicas de animais. Agora, já fazemos verbos, objetos e animais mais complexos. É ótimo! Olha a Potchochenca, que tem 3 anos e meio, fazendo um foguete.

brincar com seu filho para aprender novas palavras - larissa brincando 1

Jogo de completar a palavra que eu estou pensando é outra dica para esta etapa: o adulto dá a primeira sílaba e incentiva as crianças a acertarem o que pensou.

É geralmente nesta fase também que as crianças que estão na escola começam a aprender formalmente as letras e vocábulos. Muitas instituições de ensino trabalham há tempos com o aprender a partir da realidade dos alunos. Com isso, os nomes dos familiares e dos amiguinhos em geral são as primeiras referências de letras, sílabas e palavras.

Outro estímulo que fará os pequenos cairem na gargalhada são os trava-línguas. Eu fiz um post inteirinho sobre isso para você se inspirar. Comecei para ajudar meu filho a destravar o “R” e acabou que virou diversão de quase todo dia aqui em casa.

Por fim, é interessante recitar parlendas para crianças, que numa explicação bem simplificada, são aqueles versinhos com temática infantil (Uni-duni-tê; O Macaco foi à Feira; Salada Saladinha). Por terem rimas, são facilmente memorizadas. E dá-lhe palavras novas!

Brincadeira de trava-língua para estimular a fala - menina com a língua pra fora

Quando já sabem ler ou escrever

Jogos de tabuleiro, como palavra cruzada, forca e stop (adedonha) enriquecem o vocabulário e mobilizam toda a família.

Stop

Cantar uma música e pedir que a criança adivinhe qual é ou criar dublagens simultâneas para filmes conhecidos também garantem a diversão e o raciocínio de novas palavras e construções de frases.

Brincar de dublagem, já experimentou - capa

Nesta fase já dá também para brincar com quebra-cabeças de palavras mais complexos, formando a palavra inteira e a imagem correspondente, letra por letra. Este aqui da foto, com o qual o Pocoyo está brincando é da GROW.

brincar com seu filho para aprender novas palavras - henrique brincando 1

Mas você pode fazer uma versão que funciona tão bem quanto essa a partir de uma figura impressa com a palavra (faça as letras bem separadas e posicione a palavra logo abaixo da figura), recortadas em tiras e coladas em palitos de sorvete.

brincar com seu filho para aprender novas palavras - cartas jogo soletrando 1

Outras alternativas desafiadoras são contar uma história em conjunto — cada participante inventa um trecho–, recontar a história de um livro que seu filho já conheça e soletrar palavras.

Para finalizar estas 25 brincadeiras, em qualquer etapa, brincar de imaginar uma história e deixar que a criança conte para você ou dar um tempo para que seu filho explique algo do seu cotidiano é incrível para desenvolver formação de palavras, de frases, construções verbais, conexão de ideias e até falar em público sem vergonha. Basta ter uma dose de paciência para não cortar a criança e tentar completar o que ela está dizendo rsrsrsr.

Espero que você tenha gostado e aproveite estas dicas. Eu amei escrever este post! E para não perder nada, que tal fazer parte do nosso grupo de e-mail? É gratuito e você recebe semanalmente na sua caixa postal tudo o que acontece por aqui.

2 Comments

Comente
  1. 1
    carolina

    Aqui em casa, fazemos uma brincadeira que chamamos de “trem de palavras”: eu falo uma palavra e a meu filho fala outra que se incie com a última sílaba da palavra que eu falei, e daí volta para eu falar uma palavra que se inicie com a última silaba da palavra que ele falou. É ótimo porque ele precisa “visualizar” a palavra que ouviu e procurar outra que se inicie com a mesma família. E ele adora, porque consegue atenção exclusiva durante o jogo!

+ Leave a Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.