Como fazer da visita aos museus e exposições um momento brincante


Vamos mostrar para as crianças a importância da visita aos Museus e Exposições e tornar esses passeios uma atividade curiosa, brincante e divertida. Assim, além de criar lindas memórias, ensinamos nossos filhos a valorizar e a cuidar da história e da cultura.

Então, bora aproveitar o feriado e descobrir essas riquezas na nossa própria cidade ou por onde passarmos?

01 – Lendo sobre o assunto

Sempre me pego pensando no que posso fazer para ensinar meus filhos a gostarem de museu e de arte. E foi assim que conheci o livro Vamos ao Museu? da Nereide Schilaro Santa Rosa e da Neusa Schilaro Scaléa.

Um livro maravilhoso que conta a história dos museus e o papel dessas instituições como a memória do mundo (e o porquê de ser importante), além de apresentar os diferentes tipos de museus: de móveis, objetos, arte, roupas, utensílios, futebol, fósseis, etc.  Tudo de forma simples, própria para crianças, e com muitas curiosidades instigantes.

Que tal, depois de ler o livro com as crianças, fazer uma programação para visitar alguns dos Museus mencionados no livro?

02 – Fotografando a visita

Uma dica que amamos (ou várias!) vem da Renata Ungier – autora do Blog Roteiro Renatours e do texto “Um dia (feliz) no museu”. Pense em dicas ótimas sobre como fazer as crianças curtirem os museus! Uma das que mais gostamos, e é bem simples, é entregar uma máquina fotográfica ou o celular (desde que a criança tenha idade suficiente, não é?) e deixe que ela registre o que quiser. Depois, você pode ver as fotos com ela e pedir que explique o que mais gostou, porque quis fotografar aquela imagem e até imprimir e guardar como um registro do passeio.

 

03 – Reproduzindo obras em casa

A Patricia Marinho gosta muito de arte e já escreveu vários posts aqui no Blog sobre como estimula a Carol e a Gabi a gostarem também do tema. Uma das dicas é sobre reproduzir obras de arte. É fácil e muito divertido.

Depois de visitar um museu ou um monumento, por exemplo, que tal reproduzir uma imagem em casa usando a técnica do pontilhismo? Para os menores, você pode propor o uso do cotonete (basta molhar a pontinha na tinta e pintar o desenho) ou usar canetinha hidrográfica como às vezes preferem as crianças maiores. Vale tudo!

Pensando nisso, você ainda pode aproveitar e contar para as crianças que o pontilhismo é uma técnica criada pelo artista George Seurat, um pintor francês (tem mais informações sobre ele aqui).

04 – Criando sua própria exposição

Essa ideia pode ter tantas variações! Vocês podem visitar exposições, museus, monumentos e com a dica de tirar fotos, imprimir e fazer uma exposição do passeio no corredor ou em alguma parede da sua casa, ou usar as obras criadas com o pontilhismo e expor para a família ou que tal incrementar e fazer uma exposição com objetos antigos da família?

Sim! Nos Museus, muitas vezes vemos roupas, talheres, livros e outros objetos usados pelos Reis, Rainhas e outros personagens da história. Que tal expor os objetos da família? Aquele livro antigo dos avós, uma foto antiga ou qualquer outro objeto que vocês tenham guardado? Também vale expor as obras de artes dos filhos!

05 – Inaugurando o seu Museu para o futuro

A dica acima é para fazer uma exposição com objetos do passado, mas e se você não tem nada guardado… Calma, sem problemas! Invente uma história. Diga para seus filhos que vocês criarão um Museu para que no futuro outros vejam como vocês eram.

Então, separe fotos e objetos que mais gostam, podem ser livros, roupas, talheres, documentos e façam uma exposição imaginando que lá no futuro alguém vai ver e conhecer a história de vocês. Brinque e deixe a sua imaginação e a de seus filhos livre. Temos certeza que essa atividade criará memórias incríveis!

06 – Fazendo um concurso de poses

Sabe aquela estátua ou escultura que vocês viram? Tem uma brincadeira aqui do Tempojunto que dá para adaptar e é muito divertida. Olha a Carol, filha da Patricia Marinho, reproduzindo as poses da imagem!

A sugestão é tirar as fotos das estátuas que viram no passeio (ou buscar na internet, que tal?) e contar a história, falar sobre o artista que a criou e reproduzir a pose! Além de divertido, você ainda ensina para seus filhos sobre história.

Mas… Se você não fez um passeio assim no feriado, não de preocupe. Tem uns links aqui de estátuas que são clássicos. Divirta-se e entre na brincadeira também!

Obras de Aleijadinho

Esculturas do Museu Rodin 

07 – Montando um quebra cabeças da bandeira

Aproveitando que estamos em 07 de setembro, Dia da Independência do Brasil, que tal contar um pouco sobre esse momento histórico e brincar fazendo um quebra cabeças da nossa bandeira (basta imprimir e cortar a bandeira em quatro) ou procurando as cores (verde, amarelo e azul e branco) entre os objetos de casa?

Ah! Para contar sobre a história desse dia, separamos um link aqui do Guia dos Curiosos!

08 – Cozinhando e contando histórias

Calma, ninguém aqui vai passar receita de feijoada ou acarajé – que são uma delícia e tem muita história, mas mais difíceis de fazer! A ideia é fazer um brigadeiro que todo mundo A-D-O-R-A e é mais fácil, não é?

Bom, mas cadê a história e a cultura nessa dica? Está nas cores!!! Faremos um brigadeiro com granulado verde e amarelo e aproveitaremos para contar para as crianças a história da nossa bandeira e o uso das cores.

Receita de brigadeiro você deve ter ou pode procurar no Google que tem várias. Já sobre as cores, separamos esta explicação aqui (mais informações, clique aqui).

Verde: simboliza a grandeza das florestas e matas brasileiras

Amarelo: representa as riquezas minerais do nosso solo

Azul: o céu

Branco: a paz

Estrelas brancas: representam cada estado brasileiro e o Distrito Federal

Brincadeira deliciosa essa, né? Ah! Cuidado apenas com o uso do fogão. Essa parte, fica para os adultos.

09 – Ensinando cantigas

No mês passado, em 22 de agosto, comemoramos o Dia do Folclore e fizemos um post aqui para destacar as brincadeiras que lembram os personagens do folclore brasileiro. Mas a dica aqui é relembrar as músicas antigas, que também fazem parte do nosso folclore e são tão fáceis e divertidas de aprender.

Um exemplo, é a música do caranguejo com uma inspiração que veio do site Pra gente miúda. Aqui, além de ensinar a música, você propõe uma atividade para seus filhos.

Para lembrar a música, veja a letra:

Caranguejo não é peixe

Caranguejo peixe é

Caranguejo só é peixe

Na enchente da maré

Sobre a atividade, é bem simples. Você vai precisar de tinta guache e folha de sulfite. Basta pintar a palma da mão das crianças e usá-la para carimbar uma folha de papel. Você pode colar os olhinhos, desenhar a praia!

Além do caranguejo, tem outras músicas como Pombinha branca. Sapo cururu que também dá para cantar e fazer os desenhos usando as mãos.

Pombinha branca

Pombinha branca, que está fazendo?
Lavando a louça pro casamento
A louça é muita, sou vagarosa
Minha natureza é de preguiçosa

Pombinha branca, que está fazendo?
Lavando a louça pro casamento
Passou um homem
De terno branco
Chapéu de lado
Meu namorado

Mandei entrar
Mandei sentar
Cuspiu no chão!
Limpa aí seu porcalhão!

Sapo Cururu

Sapo cururu, na beira do rio
Quando o sapo grita ó maninha! Diz que está com frio

A mulher do sapo
É que está lá dentro
Fazendo rendinha, ó maninha
Pro seu casamento.

10 – Conversando

Por último e fundamental: conversando! Pequenos ou grandes, nossos filhos ouvem e valorizam muito o que falamos, não é mesmo? Então, que tal aproveitar e mostrar os Museus brasileiros mesmo que por meio dos sites?

Olha essa lista com 10 Museus no Brasil. Uma preciosidade!

  1. Museu Nacional, Rio de Janeiro 
  2. Instituto Ricardo Brennand, Recife 
  3. Museu do Ipiranga, São Paulo 
  4. Pinacoteca do Estado, São Paulo 
  5. Museu Imperial, Rio de Janeiro 
  6. Museu da Gente Sergipana, Sergipe 
  7. Museu Oscar Niemeyer, Curitiba
  8. Museu da Inconfidência, Minas Gerais 
  9. Museu da República, Rio de Janeiro 
  10. Museu de Arte, Rio Grande do Sul

A ideia é mostrá-los por meio dos sites, contar as histórias, ver as fotos juntos, destacar o que mais gostam, pesquisar. Dizer como é importante cuidar da nossa história e como é bom conhecer o passado! Pequenas coisas, dez dicas apenas, uma conversa e assim vamos colocando essa fagulha do bem no coração dos nossos filhos. Que tal?

Gostou do post de hoje? Para não perder nossas dicas, você pode assinar gratuitamente nossa newsletter (clique aqui). Toda semana, enviaremos um e-mail para você. Bom feriado, brinque bastante e aproveite seu Tempojunto com as crianças!

*A foto de capa deste post é de uso livre e está disponível no site do Museu da República.

+ Seja o primeiro a comentar

Comente

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.