Brincadeiras com a natureza: crie o seu bichinho


Aqui no Tempojunto a gente adora falar de brincadeiras com a natureza! Devo admitir que faço menos do que gostaria e poderia. Mesmo morando em uma cidade como São Paulo, tão cheia de concreto, tenho o privilégio de morar em um prédio com um playgroung arborizado e perto que em parque bem bacana, o Parque do Povo.  A vida agitada acaba tirando um pouco o foco e acabo não priorizando as brincadeiras com a natureza. O que é um erro, porque esse tipo de atividade é ótima para o desenvolvimento das crianças.

Benefícios das brincadeiras com a natureza

Recentemente, a Maria Faria Filmes lançou um documentário que fala justamente sobre a necessidade de promovermos a reconexão da infância como mundo natural. O Começo da Vida 2 pode ser assistido no Netflix e em diversas plataformas.

O Alana tem uma iniciativa chamada Criança e Natureza que explica porque é importante promover essa reconexão. Eles destacam como benefícios o brincar ao ar livre:

1. Estimula os sentidos
2. Aprendizado mais ativo e explorador
3. Favorece os vínculos sociais
4. Inspira momentos de concentração
5. Estimula a atividade física
6. Desenvolvimento integral da criança
7. Traz benefícios diretos à saúde
8. Contribui para conservação da Natureza
9. Desperta o consumo crítico e consciente
10. Desenvolve competência e resiliência.

Ou seja, benefícios não faltam. Mas às vezes, nos vemos com as crianças na natureza e elas ficam sem saber o que fazer. Especialmente as crianças que vivem em apartamentos. Elas vão para a natureza e, se não tem um parquinho com brinquedos para estimular a atividade física, ou se elas não levam apetrechos como bolas e patins, elas não sabem do que brincar.

A dica de hoje é para lidar justamente com as crianças que estão em um espaço ao ar livre e estão sem ideias do que fazer. Vamos estimular a criatividade com a sugestão de criar bichinhos com o que ela encontrar na natureza.

Criando bichinhos com o que você encontra na natureza

Eu falei que brinco menos do que gostaria com a Natureza, né? Por bem, quando vou para a casa da minha mãe, em Quissamã, no interior do Estado do Rio, a realidade é outra. Lá tem uma coisa meio mágica: o quintal da vovó, que todos na família chamam de Florestinha. A foto abaixo ajuda a entender esse nome. A gente acorda, toma café da manhã e vai para o lado de fora!

Minha mãe nasceu e cresceu no interior, assim como os funcionários que trabalham com ela. O brincar ao ar livre é natural e sempre que vou lá aprendo muito com o caseiro, o Luiz Geraldo. Foi ele que nos deu a dica de usar a natureza para a estimular a criatividade com uma “oficina de bichinhos malucos” (esse nome eu que dei!). Bastou ele dar de presente um bichinho que ele criou com as coisas do quintal, para ela querer fazer também.

Para criar um bichinho, basta coletar gravetos, folhas e frutos caídos no chão e colocar a imaginação para funcionar. Olha o que a Gabi criou:

 

Eu não aguentei e entrei na onda. Resolvi criar um dono para os bichinhos. Olha só o que deu:

O resultado da produção de duas horas de brincadeira ao ar livre!

Se você gostou desse tema e quer mais ideias, pode pesquisar outros posts com o tema de brincadeiras com a natureza. Dentre elas, destaco a dica da Caça a Objetos da Natureza, que vem até com o PDF para você baixar e levar no próximo passeio no parque.

 

+ Seja o primeiro a comentar

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.