Como estimular a concentração dos filhos


Outro dia eu fiz um post falando sobre 10 ideias criativas com papel alumínio e disse que eu contar depois como uma das ideias funcionou com a Gabi. Foi sensacional! Mal sabia eu que seria um ótimo exemplo de como estimular a concentração dos filhos.

A atividade é bem simples. Primeiro você pega alguns brinquedos pequenos e embrulha com o papel alumínio. Depois apresenta o brinquedo embrulhado para a criança abrir.
Como estimular a concentração dos filhos - gabi com os brinquedos embrulhados
A Gabi amou a ideia e ficou super curiosa com os pacotes.
Como estimular a concentração dos filhos - gabi olhando pro embrulho
Ela rapidamente entendeu o que era para fazer e saiu abrindo seus brinquedos, começando pela Ana.
Como estimular a concentração dos filhos - gabi desembrulhando a ana 1
Como estimular a concentração dos filhos - gabi desembrulhando a ana
Como estimular a concentração dos filhos - gabi desembrulhando a ana 2
E assim foi com cada boneco.
Como estimular a concentração dos filhos - gabi abrindo outros brinquedos
Quando ela acabou, adivinha qual foi a primeira coisa que ela falou? “De novo!” E lá fui eu fazer novos embrulhos com os pedaços rasgados de papel alumínio. Ficou meio esquisito, mas mesmo assim ela amou repetir a atividade.
Como estimular a concentração dos filhos - gabi abrindo os brinquedos de novo

Esta questão da concentração pode e deve ser estimulada com atividades. Algumas crianças se concentram com facilidade. Outras não. Neste caso, é importante ir entendendo os interesses da criança para propor brincadeiras que, de fato, atraiam a sua atenção. Isso ajuda bastante.

Os filhos da Patcamargo são agitados (no bom sentido), mas basta, por exemplo, um álbum com figurinhas para a concentração aparecer.

Album de figurinhas_capa
Desde o primeiro cesto dos tesouros, que fiz quando a Gabi tinha 4 meses, até a atividade de hoje, fiz dezenas de brincadeiras de descoberta sensorial que certamente ajudaram a desenvolver a concentração da minha caçula.
Garrafas sensoriais _default
O que você pode fazer é apresentar estímulos diferentes, como essa atividade de hoje do alumínio ou propor jogos, como quebra-cabeças, desde cedo.

A hora de começar a brincar de quebra cabeças com os pequenos - Gabi montando o segundo quebra cabeça

Outra sugestão é montar cantinhos para que as crianças desenvolvam a criatividade.

Semana passada a Patcamargo fez um post que tem tudo a ver com o assunto de hoje. O tema era “Brincadeiras para ensinar os filhos a ter paciência”. Dá uma olhada se você quiser saber mais sobre o assunto.

Não sei se você já sabe, mas aqui tem brincadeira nova diariamente. Para você não perder nada, faça parte da nossa lista da Newsletter e receba por e-mail tudo que postamos no Tempojunto.

9 Comments

Comente
    • 5
      Patrícia Marinho

      Oba! A gente adora saber que está sendo útil!
      Tomara que sejamos úteis muitas outras vezes!
      Beijos,
      Patrícia

    • 7
      Patrícia Marinho

      Oi Valéria,

      Espero que nossas sugestões funcionem para vocês. Obrigada pelos comentários e voltem sempre!

      Beijos,
      Patrícia

+ Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.