Brincadeiras ajudam na hora da explosão de raiva


By patcamargo

Ataques de raiva fazem parte da vida de todos nós. Aliás, a “raiva” é um personagem importante da nossa personalidade, como bem ilustrou o filme Divertidamente. Os adultos aprendem (ou deveriam aprender) a lidar com este sentimento sem explosões, ofensas ou atitudes desnecessárias. Agora as crianças ainda estão na fase de aprender a lidar com esta sensação. E as brincadeiras ajudam na hora da explosão de raiva.

Particularmente eu tive que lidar poucas vezes com ataques de raiva dos meus filhos, mas isto acontece. Nestes momentos, primeiro eu me controlo. Já disse o especialista em desenvolvimento infantil, Lino de Macedo, que quanto mais uma criança está irritada mais ela precisa se um adulto leve por perto. Talvez no exato momento da explosão seja complicado brincar, mas logo em seguida é possível sugerir uma brincadeira para ajudar a criança a se acalmar e expressar de outra forma o que está sentindo. Com o tempo, a prática vira um hábito saudável.

Brincadeiras ajudam na hora da explosão de raiva - criança com raiva

Ouvir uma música ou cantar

Se você já ouviu a expressão que “a música acalma as feras”, sabe do que estou falando. Esta é uma verdade. A música ajuda a tirar o foco da raiva, manter a calma para, então, explicar o que está incomodando. Em vários posts aqui no blog falamos de música, ou damos sugestão de músicas. Aproveite algumas delas, ou convide seu filho para cantar algo que ele goste. Comece você cantando e peça para ele te acompanhar.

Se cantar está fora de cogitação, experimente colocar a música para tocar e convide a criança a cantarolar com você para se acalmar.

Ler algo atrativo

Mesmo que seu filho saiba ler, a proposta aqui é que você comece a ler algo que seja do interesse dele para tirar o foco do ataque de raiva. Leia mesmo que no início ele não esteja prestando atenção. Use recursos lúdicos para chamar a atenção para o que você está lendo.

Desenhar

Aqui já estamos no campo de deixar a criança expressar o que está provocando a raiva (ou somente o sentimento em si) por outras maneiras que não a gritaria ou o chilique. Peça para ele desenhar ou rabiscar. Muitas vezes, só o rabiscar sem sentido pelo papel já ajuda a focar os pensamentos e acalmar. Muitas vezes um início de desenho mais raivoso pode evoluir para traços mais organizados.

Receita contra o tédio - concurso Quem consegue fazer o melhor desenho sem tirar a caneta do papel - Carol desenhando

Se o desenho não for uma opção, tente com massinha de modelar. Ela pode funcionar da mesma forma, primeiramente proporcionando um “extrator do estresse” do seu filho pela própria manipulação da massinha. Em seguida, a modelagem pode ser outra forma de expressão das causas da raiva.

Montar e destruir torres de blocos

Esta dica eu já vi funcionar várias vezes. Pegue blocos de montar, ou qualquer outro objeto empilhavel. Podem ser até almofadas. Faça uma torre o mais alto possível e convide seu filho a destruí-la. Refaça e deixe que ele derrube tudo novamente. Na terceira ou quarta vez, incentive como se fosse uma brincadeira, fazendo pilhas mais altas ou baixas. Riam juntos a cada nova destruição.

Brincar no banho

O banho é uma das maneiras mais conhecidas para acalmar. Brincar no banho, então, só pode dar muito certo. Sem pressa, com os brinquedos preferidos, deixe seu filho se divertir e aproveite para brincar também e já conversar sobre o sentimento da raiva.

Qual foi a última brincadeira diferente que você fez com seus filhos - gabi com espuma na perna

Nós já postamos brincadeiras de espuma no banho, água colorida e experiências com os produtos de banho que tornam o momento melhor ainda!

Cesto da calma

O nome não é lá muito criativo, mas a ideia que eu vi no blog Crayons & Lesson é muito boa. Caso seu filho esteja na fase de muitos ataques de raiva, vale à pena manter um cesto destes sempre por perto. Você precisará de poucas mas úteis coisas. Uma delas é a garrafa calmante feita com glitter, que eu mostrei neste outro post.

Brincadeiras ajudam na hora da explosão de raiva - cesto

Estas brincadeiras ajudam na hora da raiva, mas mais importante que acalmar é você entender o que está provocando o ataque de raiva. Estimule seu filho a expressar como ele está se sentindo e o que pode ter sido o estopim de tudo. Até para os bebês é possível e importante explicar os sentimentos.

E converse com seu filho para entender os motivos que o levaram a ter um comportamento mais agressivo no momento da raiva. Afinal, ela é um sentimento legítimo e ela não deve ser suprimida, mas compreendida.

Espero que estas dicas de brincadeiras ajudem no seu dia a dia com seus filhos. E se você gostou e não quer perder nenhuma novidade, faça parte do nosso grupo da newsletter. É gratuito e você recebe nossas atualizações semanalmente em seu e-mail.

+ Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.