Brincadeira de matriz africana: Matakuza


Hoje vamos aprender uma brincadeira de matriz africana chamada Matakuza. Eu conheci em um post do perfil @criandocriancaspretas, da Deh Bastos, e resolvi fazer em casa para envolver as meninas em brincadeiras africanas.  Aliás, por falar em Deh Bastos, fizemos uma live maravilhosa com ela sobre Como Criar Crianças Antirracistas e a ideia de promover a cultura africana em casa faz parte desse movimento.

O que é Matakuza

Nas nossas pesquisas vimos que o jogo é conhecido por dois nomes Matakuza ou Matacuzana, sendo o primeiro se joga com tampinhas de garrafa e o segundo com pedrinhas.

O Matacuzana, jogado com pedrinhas, é um jogo é muito popular em Moçambique.  Essa brincadeira foi trazida para o Brasil pelos escravos e deu origem a outros jogos com pedras como “Três Marias” e “Chocos”.

As regras do Matakuza ou Matacuzana são bem parecidas. Vou falar do Matakuza primeiro, porque a versão que fiz aqui em casa.

Para jogar você vai precisar de tampinhas de garrafas, uma folha de papel, lápis. régua e tesoura. Um compasso, se tiver, ajuda.

Use o papel para recortar um círculo de 15 cm de diâmetro.  Para isso, faça uma abertura de 7,5 cm no compasso e depois use-o para fazer a circunferência.

Coloque o círculo no chão e encha ele de tampinhas de garrafas.

Como jogar

Cada participante vai começar com uma tampinha na mão. Esta tampinha deve ser arremessada para o alto enquanto o participante retira uma ou mais tampinhas do círculo. Cada uma vale um ponto. A tampinha atirada para o alto deve ser apanhada pelo participante ainda no ar. Se ela cair, não valem os pontos.  E se a pessoa errar, perde a vez.

Falando assim parece fácil, mas é bem difícil!

Vou confessar que aqui em casa só conseguimos fazer usando duas mãos: uma para jogar a tampinha para cima e outra para tirar as tampinhas. Temos que praticar mais!

Mas encontrei um vídeo na internet que mostra direitinho como fazer e ainda apresenta variações da regra.

O vencedor do jogo é que consegue tirar mais pedrinhas do círculo.

No caso do Matacuzana, originalmente ele se joga com pedrinhas em um buraco no chão.  O objetivo da brincadeira é jogar a sua pedrinha para cima, tirar uma das pedrinhas do buraco e pegar de volta a sua antes de ela cair no chão. Joga uma pessoa por vez. Cada um deve ir jogando até errar ou esvaziar todo o buraco. Quem erra passa a vez.

Para quem quer mais dicas de brincadeira de matriz africana, recomendo o post Brincadeiras africanas para curtir com a criançada durante a quarentena, do site Alma Preta.

Também já ensinamos aqui a Amarelinha Africana e o Flongodo. Em breve teremos mais!

+ Seja o primeiro a comentar

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.