Como contribuir para o desenvolvimento das crianças no Século 21


Parece até título de curso de autoajuda ou livro de sucesso rápido. Mas não. Estamos já a 2 décadas dentro do Século 21 e o desenvolvimento das crianças que serão adultos nos próximos 80 anos ainda é um desafio.

E existe uma razão para isso: a sociedade evoluiu para melhor nas descobertas do funcionamento do cérebro e das etapas de crescimento das crianças. Além disso, a ciência comprovou que somos frutos de 4 pilares fundamentais: o físico, o cognitivo, o social e o emocional. E eles devem andar juntos.

Isso trouxe mudanças. Boas mudanças na educação dos filhos. Mas as novidades chegam devagar do campo dos estudos para a nossa prática do dia a dia como pais.

No meio da mudança do desenvolvimento das crianças

Portanto, podemos nos colocar bem no centro da ebulição que acontece quando novas teorias chegam para derrubar o que se acreditava a muitos séculos anteriores.

Uma destas novas visões é que a criança não é um mini-adulto. Ou um adulto em formação. A criança é um ser humano completo em si mesmo.

Ou que o cérebro não nasce pronto e que é na infância que se constrói a base da arquitetura cerebral que vai definir a autoestima, a produtividade, os relacionamentos e raciocínio lógico da criança na vida adulta.

E só esta modificação significa que nossos filhos têm sentimentos, opiniões e razões que precisamos conhecer e respeitar.

Upa! Mas eu não sei nada sobre essa educação para o Século 21

O desenvolvimento das crianças é algo que pode ser aprendido por nós, que queremos assumir uma parentalidade participativa na vida dos nossos filhos.

Se você é uma pessoa que tem uma criança sob seus cuidados e que gostaria de vê-la feliz e realizada na vida adulta, então precisa receber informações essenciais sobre como as crianças aprendem.

Além de conhecer o que você pode fazer, enquanto ela ainda é pequena, para que ela possa se desenvolver em todo o seu potencial.

Sem que isso signifique trazer novas tarefas ou mais peso para a sua vida, mas sim usando as oportunidades de aprendizagem que acontecem no contato diário com os seus filhos.

A brincadeira é a ferramenta para se aproximar das crianças do Século 21

A brincadeira se encaixa perfeitamente no Século 21. Veja o que diz a Vera Iaconelli, em entrevista para o Tempojunto: “Se a gente quiser formar humanos tem que existir o brincar no Século 21. Porque brincar é condição da formação da humanidade”, explica a psicanalista. “É condição da formação da fantasia, do exercício da empatia, do jogo com a inteligência e da possibilidade criativa”.

É por isso tudo que criamos a Semana “Que Pai ou Mãe Você quer Ser?”

Nesta semana, diariamente, às 20 horas, estaremos juntos num link exclusivo para os inscritos.

São quatro aulas online ao vivo e gratuitas com conteúdo especialmente criado pelo Tempojunto para falar sobre estas novidades na área do desenvolvimento das crianças.

Você aprende sobre os mitos e verdades do desenvolvimento infantil; como ter mais tempo para seus filhos e atitudes que você pode adotar para ajudar o seu filho a se desenvolver. Nada complicado ou difícil de fazer.

São coisas simples, porém transformadoras para as crianças e que muitas vezes não fazemos por desconhecimento.

Seu filho será um adulto realizado no século 21

Também vai saber como colocar mais brincadeira na vida das crianças, saber como fugir do excesso de telas e ter dicas práticas para o seu repertório de brincar.

Incluindo maneiras de superar os problemas da falta de tempo, falta de ideia ou de cansaço para brincar com as crianças. Tudo voltado para o desenvolvimento das crianças.

Você vai aprender como agir para ajudar seu filho a desenvolver hoje as habilidades necessárias para se tornar um adulto realizado no século 21.

O link para inscrição é este aqui. Semana Online Que Pai ou Mãe Você Quer Ser

+ Seja o primeiro a comentar

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.