5 dicas para não se irritar com seu filho


Nenhuma criança, especialmente na primeira infância, acorda planejando como irá te irritar durante o dia. Isso eu aprendi estudando o desenvolvimento infantil e na prática, no dia a dia, com meus filhos e com as outras crianças com as quais eu trabalhei.

1 – Ele quer te dizer algo

Por isso, a principal entre as dicas para não se irritar com seu filho é entender que as atitudes dele que nos incomodam não são propositais. Eles querem, sim, dizer alguma coisa.

2 – Seu estresse causa estresse

Perceber se nós estamos irritados com outras situações do dia, que refletimos nas crianças também é mais uma forma de ter paciência com os filhos.

3 – Apenas pare para não se irritar com seu filho

Sentiu que está prestes a explodir? Então apenas pare. Não fale nem tome decisões precipitadas. Se você já está gritando, basta parar na metade da frase. Se afaste, respire fundo e só faça algo quando estiver mais tranquilo.

4 – Proporcione um ambiente de autonomia

Outra forma de não se irritar com seu filho é promover um ambiente que ele tenha mais autonomia para fazer as coisas sozinho. É comum que as crianças peçam coisas para nós porque a gente mesmo em algum momento limitou esta ação.

Seja ir ao banheiro, pegar água, se vestir, alcançar um brinquedo. Claro, de acordo com a idade, lembre-se de adaptar sua casa para que seu filho consiga cada vez mais fazer coisas sem a sua ajuda.

5 – Brinque e brinque por inteiro

A brincadeira pode te ajudar a não se irritar com seu filho no dia a dia. Bem como de ajudar a ser mais leve, quando ele se mostrar mais irritado também.

Aproveite para usar a brincadeira para que seu filho tenha outras formas de expressar a emoção que ele está sentido. Pode ser desenhar.

Ou para a brincadeira ser algo que distraia seu filho de um momento mais estressante para ele.

A brincadeira também pode ser a ferramenta que vai ajudar seu filho a se acalmar. Como rabiscar bem forte no papel, pular sobre almofadas ou derrubar uma torre de copos.

A gente sabe que educar uma criança é uma arte e não receita de bolo. Mas algo que eu sei que ajuda é conhecer como acontece o desenvolvimento do seu filho.

Que pai ou mãe você quer ser?

Ao entendermos isso, nos tornamos mais capazes de nos prepararmos para a maternidade e a paternidade participativa. Para contribuirmos positivamente para o desenvolvimento do nosso filho.

E vamos falar mais sobre o desenvolvimento das crianças, birra, irritação, como ter tempo e muito mais na semana especial ao vivo “Que Pai ou Mãe Você Quer Ser”.

Então, serão 4 aulas ao vivo, gratuitas, pelo Youtube do Tempojunto. Você vai aprender como agir para ajudar seu filho a desenvolver hoje as habilidades necessárias para se tornar um adulto realizado no século 21. As inscrições podem ser feitas neste link.

+ Seja o primeiro a comentar

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.