10 brincadeiras divertidas que não precisam de material


Toda sexta-feira eu faço um post com inspirações para o final de semana. Em geral escolho um material, como pregador de roupa, papel alumínio, canudo e mostro 10 atividades que podem ser feitas com eles. Pois bem, hoje quero dar ideias de 10 brincadeiras divertidas que não precisam de material nenhum. Você só vai precisar o seu corpo ou a sua voz.

1. Siga o Mestre

Outro dia a Patcamargo fez um post mostrando um jeito diferente de brincar de Siga o Mestre. Foi a Cururuca, a filha dela de 4 anos quem ensinou para ela. Mesmo tímida, a Cururuca fez um vídeo super fofo com a mãe dela para explicar para a gente a brincadeira.

2. Balada noturna – com e sem karaokê

Entre as brincadeiras divertidas que não precisam de material. Essa brincadeira a Patcamargo fez com os filhos e descreveu no post “Mais 4 dicas de atividades de férias sem sair de casa”. Pela cara das meninas deu para ver que foi o máximo, não é mesmo?

balada-noturna-com-e-sem-karaoke

3. Andar sobre os pés ou andar desengonçado

Que tal combinar com seu filho que naquele dia, durante um período, para onde vocês forem, precisam criar um andar desengonçado, esquisito? Vai até a sala? Andando como pato. Até o banheiro? Andando como um cavalo. Para tomar banho, escovar os dentes e por aí vai. Outra versão, é brincar de andar desengonçado só num momento. Cada um precisa criar o andar mais esquisito e os outros devem seguí-lo.

Mais outra versão é andar sobre os pés. Você chama seu filho e, descalço, ele sobe nos seus pés e vocês caminham juntos pela casa. Sabe que além de tudo é um ótimo exercício de coordenação e equilíbrio?

Brincar de andar sobre os pés

4. Currupio e ciranda

Você conheceo currupio? A Patcamargo brincava muito disso quando era criança. Até ficar tonta! Podemos dizer que o currupio é uma versão “power” da ciranda.

Para brincar, duas ou três pessoas dão as mãos cruzando os braços, como a Mirela e a Luiza estão fazendo.

Brincadeira que cabe num intervalo da sua agenda currupio e ciranda - meninas girando

Depois, é só girar o mais depressa que puderem! Vocês podem cantar ou não uma música junto. No post Brincadeira que cabe num intervalo da sua agenda: currupio e ciranda, você encontra sugestões de música e outras dicas de como brincar de ciranda. 

5. O olho da mamãe

A brincadeira original, é a Corrrida das Estátuas (as crianças conhecem por outros nomes). Nela, uma criança fica de costas para as outras que estão enfileiradas há pelo menos 5 metros de distância. Cada vez que a primeira criança estiver de costas, todos podem tentar chegar nela. Mas se ela vira e olha, todos precisam ficar como estátuas enquanto ela estiver olhando. Ganha quem encostar primeiro na criança que está olhando.

O que a Patcamargo faz é pedir que os seus filhos fiquem encostados na parede num canto da sala. Elas precisam chegar até o quarto. Quem chegar primeiro vence. Mas cada vez que ela olha por cima da tela do computador, as crianças precisam virar estátuas. Quem se mexer, volta para o início do jogo.

Para ficar mais interessante, eles combinam que a Patcamargo pode dizer como eles devem seguir até os quartos: correndo, pulando, engatinhando, imitando uma minhoca, de costas, bem lento e por aí vai.

brincadeira olho da mamae

6. Perguntas pegadinhas de raciocínio

Se os filhos forem mais velhos, podem brincar de perguntas de pegadinhas de raciocínio.

Estas pegadinhas são também uma forma ótima de exercitar o raciocínio, a atenção e a criatividade. Além disso não precisam de material. Vou dar alguns exemplos para crianças que já estão no 5o ou 6o anos pelo menos, com a resposta:

1. Uma pata nascida no Chile bota um ovo na divisa Brasil-Chile. Segundo o Itamaraty, a quem pertence o ovo?

Brasil e Chile não fazem fronteira.

2. O pai do padre é filho do meu pai. O que eu sou do Padre?

Tio

Buscando um pouco na internet, você consegue encontrar várias destas perguntas desafio de raciocínio ou com pegadinhas de atenção. São brincadeiras divertidas para fazer com os filhos em qualquer lugare que não precisam de material.

7. Ciranda dos animais

Na ciranda dos animais, as crianças fazem uma roda e giram ao som da música. Quando for dito o nome do bicho, todos devem imitá-lo o melhor possível. Quanto mais original for o bicho, melhor. Olha as filhas da Patcamargo imitando uma minhoca!

ciranda_animais_michoca

Se quiser deixar a brincadeira mais completa, pode cantar a música abaixo para animar a garotada.

8. Ninja-Ho

No vídeo “Brincar para respeitar as diferenças” da série “Brincar para quê”, a gente fala que não tem essa de brincadeiras de menino e de menina e aproveitamos para apresentar uma brincadeira mega legal que não precisa de material e funciona super bem com as crianças e que diverte os adultos também.

9. Trava línguas

E que tal experimentar uma brincadeira de trava língua que não precisa de material? Essas aqui são clássicas:

Num ninho de mafagafos, cinco mafagafinhos há! Quem os desmafagafizá-los, bom desmafagafizador será!

O tempo perguntou ao tempo, quanto tempo o tempo tem. O tempo respondeu ao tempo que o tempo tem tanto tempo, quanto o tempo que o tempo tem

A gente tem um post inteirinho com dicas e brincadeiras de trava língua para estimular a fala dos seus filhos.

Brincadeira de trava-língua para estimular a fala - menina com a língua pra fora

10. Brincadeira com as mãos

Para terminar, um post que eu vivo usando aqui no Tempojunto porque trás 10 brincadeiras que você pode fazer a qualquer hora e em qualquer lugar porque não precisam de material tudo o que você precisa é das suas mãos.

Por fim, a gente tem um outra lista para você! São mais 30 brincadeiras divertidas para tirar as crianças das telas! Então, se deseja ainda mais opções é só clicar na imagem abaixo:

+ Seja o primeiro a comentar

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.